1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Humberto 28 de março de 2017, 00:25

    Li uma reportagem num portal de noticias do ABC e gostaria humildemente de sugerir uma pauta parecida à Folha VP. É sobre como o comércio – além dos carros, claro – se apoderam das calçadas e forçam os pedestres a se virar. Às vezes até à luz do dia. Um bom exemplo, conhecido de todos, é a Rua Pinheiro Guimarães, onde os comerciantes e seus clientes usam a calçada como estacionamento, sobretudo no “happy hour”, principalmente a partir de quarta-feira. Além disso, temos as agencias de automóveis na Av Anhaia Mello, até mesmo perto do Metrô, onde ocorre o mesmo. E temos também as mesas e cadeiras nas calçadas. Tem um bar famoso na Vila Zelina que depois das 6 da tarde começa a entulhar a calçada em frente com mesas e cadeiras, principalmente em dias de futebol e às sextas à noite. Claro que existem outros, todos devem conhecer um local assim. É um bom tema, não acham?

    https://www.reporterdiario.com.br/noticia/2327961/comercio-expulsa-pedestre-da-calcada/