1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Ralf 21 de abril de 2018, 08:41

    Eu já vi o edital da nova organização das linhas na época de consulta pública. Gostaria muito de saber de onde eles tiram a informação que essas mudanças não prejudicarão ninguém e aumentarão a qualidade do serviço. Essa história de tirar linhas redundantes que fazem o mesmo trajeto é mentira: não há linha que substituirá sem prejuízos a 373M-10 ao passo que as linhas 4221-10 e 4288-10 vão continuar operando sendo que são linhas praticamente gêmeas. Outra linha que só não pode ser chamada de inútil porque ajuda no horário de pico é a 4222-10, mas quando cortaram ela até a Mooca só, ficou meio sem sentido manter ela sendo que o único diferencial dessa linha é que ela passa pela rua do orfanato. Contudo, os passageiros, que queiram acessar o bairro do pq são Lucas a partir da orfanato, tem como opção a 4031-10 que é bem mais frequente que a 4222-10. Outro ponto a destacar é que a 4222-10 só enche após o ponto do ônibus em frente a estação oratório e a prefeitura na Av. Do oratório, pois ela capta passageiros do monotrilho. Logo, poderiam descontinuá-la e remanejar os ônibus dela para a 3024-10 que é uma linha bem mais prática e funcional, porém nunca funcionou como deveria. A via sul, empresa que gerencia todas essas linhas de ônibus, trata algumas linhas com descaso máximo, até parece que a empresa faz esforço para demonstrar o descaso com algumas linhas como a 3024-10. É raríssimo ver um ônibus dessa linha, passa de hora em hora e em parece funcionar com os restos, ou seja, ônibus que sobraram das outras linhas.
    Já 311C-10, 314J-10 e 5142-10 querem mexer também. Pelo amor de Deus, não façam isso. Mexam.em todas as linhas, mas não mexam nessas três. São as principais da região, são linhas nevrálgicas da região. Querem cortar a 5142. Sugestão: ao invés de cortar a 5142, tirem a 5143 fora, pois ela não serve para nada, só roda vazia e todo o trecho dela é atendido pela 5110. Quanto à 4221 e 4288, mantenham uma delas, sugestão: mantenham a 4221. O trecho dela é mais interessante. E incorporem parte do trecho que era atendido pela 4288 no caso de descontinuarem ela no novo trecho da 4221 como, por exemplo, a rua Juventus. Quanto a 373M-10, é uma linha demorada e que costuma dar muitas voltas no bairro Jr independência, mas como disseram, é a única que passa lá, então mantenham-na assim mesmo. Nessa linha, uns 50% dos passageiros são idosos. O que esse pessoal de mais idade vai fazer para se deslocar? Vai ter que andar mais até uma estação de monotrilho ou uma via que passa mais ônibus? Não há condições, idosos costumam ter artrite, artrose, osteoporose e uma série de complicações que dificultam.
    Muitas das alterações sã o em decorrência da inauguração do monotrilho. Poxa, o monotrilho já circulará com dificuldade, pois a demanda de passageiros atendida será alta e ainda, com a extinção de algumas linhas, mais passageiros serão forçados a utilizá-lo. A maioria das linhas, a prefeitura quer fazer parar no terminal vl prudente. Vai sobrecarregar o terminal e o monotrilho, pois toda pessoa que se deslocar para a zona sudeste e leste, obrigatoriamente terá de passar pelo terminal intermodal da vila Prudente. Planejamento é algo muito sério em tudo e, nesse caso, é fundamental que ele seja imparcial. Isto não está ocorrendo. A prefeitura quer beneficiar os empresários e prejudicar os passageiros. Está errado: a prefeitura trabalha para o cidadão/contribuinte/eleitor. O empresário de empresa de ônibus tem que se adequar às necessidades da população ou, em caso negativo, cair fora e ceder lugar para um empresário mais competente.