4 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 11 de novembro de 2015, 19:13

    Por sorte nada mais grave aconteceu ali. A ponte desabou por pura falta de manutenção da prefeitura, e por culpa da população tbm, pois em SP, se joga lixo e entulho em todos os lugares.
    As pessoas deveriam se conscientizar que não se pode descartar lixo de qualquer maneira nas ruas, rios e córregos da cidade, isso gera um dano ambiental, que resulta em enchentes e, proliferação de doenças, mas pelo visto o poder público e boa parte dos moradores de SP, não estão nem aí para o problema, infelizmente.

  • Anônimo 12 de novembro de 2015, 09:47

    Graças a deus nada aconteceu , mais um fato que demonstra o descaso do governo com o cidadão comum , agora vao gastar uma fortuna para erguer outra ponte e sera muito mal feita para ser refeita depois , e assim vai

  • Anônimo 13 de novembro de 2015, 17:27

    Enquanto se discute quem é o pai da criança, a FOLHAVP ja deu o culpado……são despejadas 70 a 80 toneladas de lixo….conheço bem o local e sei que a subprefeitura também conhece….e muito bem diga-se de passagem…….a solução seria câmeras no local e se descobriria os infratores….que são velhos conhecidos da Prefeitura

  • Anônimo 17 de novembro de 2015, 01:07

    Despejam de 60 a 70 toneladas de entulho no local e a fiscalização não consegue fazer nada? São cegos? Como é possível um fato que ocorre diariamente não ser fiscalizado? Que vergonha!