3 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 4 de outubro de 2013, 20:24

    É incrível como a Prefeitura de São Paulo anda na contramão referente aos interesses da população, é impressionante a tranquilidade e a desfaçatez com que tratam a nos contribuintes, a quem além de nossos pulmões interessa essa área toda, sim, a especulação imobiliária ou comercial, e que se dane o ar que respiramos o transito que ficará no entorno da área …Eu pergunto a nossa sub prefeitura, não fara nada…ficará de braços cruzados, quem defenderá nossos interesses, cadê o pessoal que espalha santinhos as vésperas das eleições e são eleitos por nós…mexam-se…

  • Anônimo 5 de outubro de 2013, 15:27

    8) Por falar em áreas verdes, reformas de praças na Quinta das Paineiras etc., tentei em vão localizar uma praça chamada Sapiranga, paralela com a Rua Manuel Ferraz. Ela existe ou eu estou enganada? Seria interessante ter mais uma praça por aqui a fim de passear com nossos cachorrinhos, sempre recolhendo suas necessidades, é claro, para não acontecer o que ocorre com a Praça Gonçalves Júnior, onde todo mundo leva e ninguém cata nada. Além do mau cheiro esta Praça GJ virou “macumbódromo”.

  • Anônimo 6 de outubro de 2013, 15:48

    Pode parecer incrível o pensamento do “Governante” do Município, deixar em breve derrubar as poucas arvores da Região, mais dinheiro para construir o Itaquerão não falta.
    Espero que o Governador do Estado não deixe isso acontecer já que parte desta área é do Estado e porque o Metrô não se preocupa com o VERDE, suas Linhas passam e destruindo, agora e o começo passe desta vez a encapar o restante do terreno.