83 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Anônimo 18 de dezembro de 2010, 13:57

    E ISSO AI……………………….
    AGUENTA QUE O PSDB ESTA AI MOSTRANDO SUA CARA!!!!!!!!!!!!!
    PAULISTANO ADORA VOTAR ERRADO, PITA, SERRA, MALUF, ALCKMIN E POR AI VAI……….

  • Anônimo 17 de dezembro de 2010, 14:46

    😀 Amigos é terça feira dia 21/12/2010 aniversario da estação VILA PRUDENTE, vou levar um bolo para estação convido todos, vamos cantar parabens e comemorar os quatro meses de operação assistida 😛

  • Anônimo 12 de novembro de 2010, 18:12

    Ouví hoje pela manhã de um funcionário da SSO que há um sério problema com a “chave seccionadora”, algo relacionado à alimentação elétrica… Alguma providencia precisa ser tomada, algum protesto, sei lá… A operação do metrô nessas condições só atrapalha a vida dos usuários que necessitam desse transporte…

    • Anônimo 18 de novembro de 2010, 12:05

      Infelizmente fomos enganados mais uma vez. Ta na cara que a “pseudo inauguração” foi uma estratégia eleitoreira, realizada as pressas, para os candidatos Serra e Alckmin gravarem comerciais e fazerem propaganda enganosa. Agora, enquanto os testes desta tal “nova tecnologia” ocorrem, temos que “testar” também nossa paciência (que parece não ter limite para aturar esses eternos picaretas que nos enganam eleição após eleição).

  • Anônimo 12 de novembro de 2010, 18:41

    Veja bem,
    moro no Pque São Lucas e trabalho em Pinheiros utilizo a linha verde ate a estação Trianon e tomo um onibus até Pinheiros.
    Prefiro ir até a estação Sacomã a tomar o metrô na Vila Prudente , pois é uma imbecilidade o que a administração do metrô faz com os usuários , uma tremenda falta de respeito e enganação.e pior , nenhum dirigente toma uma providência.

  • Anônimo 12 de novembro de 2010, 18:59

    O que se percebe é falta de competência e qualificação dos profissionais do metrô.
    Sejam mais racionais e comecem a cobraça da tarifa na estação Vila Prudente. Com certeza a população agradeceria.

  • Anônimo 12 de novembro de 2010, 19:33

    Entendo a ansiedade que muitos que, como eu, não veem a hora da liberação integral das estações, visto que trabalho na Av. Paulista. Mas, apesar de ser mais um dentre os tantos prejudicados nessa história, entendo por ora que o Metrô está sendo coerente, pois uma liberação precoce seria uma atitude totalmente irresponsável e poderia expor muita gente a situações de risco desnecessárias. Já fui funcionário do Metrô e sei com que seriedade a empresa encara o quesito segurança, e, mesmo assim, os problemas vivem pipocando no sistema a todos os instantes.
    Ademais, pra quem já esperou por 30 anos, o que custa esperar mais alguns dias?
    Em outubro, fiquei sabendo através de funcionários que o Metrô estima liberar as estações em dezembro, caso não venha ocorrer mais problemas nos testes.
    A única coisa que tenho a criticar é a tal isenção de cobraça nas duas estações, pois não haveria nada de mais em se fazer a cobrança e manter a operação assistida, tal como é feita na Linha 4 Amarela.

    • Anônimo 19 de novembro de 2010, 11:33

      Sergio Andrade,
      admiro muito a sua paciência e compreensão… mais alguns dias? quantos dias? 365, quem sabe… inaugurada desde o dia 21 de agosto e nada? e se realmente há o tal problema técnico as estações sequer deveriam funcionar… o que eu já ouvi sobre a demora é que faltam trens e acredito que essa seja a realidade da situação que impede o funcionamento integral.

      • Anônimo 29 de novembro de 2010, 19:31

        Cara Ana,
        Além de paciência e compreensão, é necessário, também, neste momento, um pouco de coerência, pois não estamos falando apenas em transportar pessoas, estamos falando em transportar milhares de pessoas por dia em segurança. Poucos ligam, mas no caso de um acidente, ocasionado por uma liberação precoce, quem será responsabilizado?
        Eu, por exemplo, fui prejudicado (e muito) pela não liberação das estações, pois perdi um semestre inteiro do curso que estou fazendo, em virtude de não conseguir conciliar, através dos transportes ora disponíveis, os horários do meu trabalho e da faculdade.
        Espero não ter que esperar 365 dias para ver a liberação das estações, mas se tiver que aguardar, decerto esperarei.

  • Anônimo 12 de novembro de 2010, 23:17

    Senhores (as),
    Precisamos entender que o governo paulista esta indo muito bem, parabéns a toda sociedade trabalhadora de Vila Prudente e região que almeja a qualidade de vida e conforto no transporte urbano/metropolitano, estamos em pleno 2011…Parcerias democratas que aproxima o futuro! Sempre de Olhos para o Brasil de todos? … Esperamos confiança para atual gestão?… Certamente que todos nós temos uma grande admiração por todos os grandes presidentes que já passaram pelo GOVERNO DO BRASIL – deixaram sua influência positiva para a espécie humana. Tivemos filósofos, religiosos, poetas, escultores, grandes cientistas, guerrilheiros, subversivos etc..Onde fica a velha tradição familiar…Reiteramos nosso abraço e considerações ao Profº Dr. Geraldo Alckmin & Gilberto Kassab – que souberam desenvolver a Cidade de São e o Grande Estadão/SP..Não espera faça!!

    • Anônimo 24 de novembro de 2010, 12:43

      Geraldo Alckimim sim merece toda consideração pela gestão dele e do Serra, agora o Kassab???? o que esse cidadao fez pelo povo??? só tirou emprego de pais de familia e passeia o dia todo de helicoptero.

  • Anônimo 14 de novembro de 2010, 15:07

    Acho que o metrô esta certo sim em seguir todos os testes e protocolos estabelicidos, moro na Vila industrial e pego a linha de metrô vermelha sentindo barra funda todos os dias de manhã e sei o transtorno que passo.Todas essas pessoas que reclamaram talvez não estejam com tanta razão não, pois se elas tivessem no metrô no tumulto que aconteceu pra ser bem preciso no dia da inauguração do metrô tamanduatéí estariam sim pedindo pra fazerem todos os testes e protocolos pois como na vila vermelha uma linha superlotada e com a iniciativas de vandalos sei o que passei vendo a destruição de vagões e mais vagões de metrôs simplesmente pela falta se bom senso e de educação e do desejo de destruir apenas. Simplesmente porque alguém sem paciência naquele pára pára de sempre em que se fica aguardando EMBARDQUE e DESEMBARQUE do trem a frente antes da ESTAÇÃO BRÁS E DA ESTAÇÃO SÉ criaram aquele tumulto todo.O metrô chegou a VILA PRUDENTE é só aguardar PARABÉNS AO METRÔ PELA A RESPONSABILIDADE E SEGURANÇA COM SEUS USUÁRIOS DA LINHA VERDE! e TENHO DITO. 😉

    • Anônimo 26 de novembro de 2010, 15:12

      Pois é… e enquanto isso vc continua indo estremamente esmagado dentro do metro na linha vermelha…Cada um tem a sorte que merece…

  • Anônimo 13 de novembro de 2010, 11:42

    Olha isso inventaram um novo sistema para implantar, para “tentar ajudar” pioraram tudo,oque precisa de verdade é de trem das 04 da manha ate a meia noite, essa operação assistida ja esta indo para o 3 mes, e o normal ate no maximo 20 dias,alguem precisa fazer alguma coisa.O funcionario do sacoma me informou que só em 2011,se nao abri o olho a estação da faria lima vai funcionar primeira que a da vila prudente,ou seja nao vai terminar bem isso.

  • Anônimo 13 de novembro de 2010, 17:27

    Precisamos pressionar e investigar o que esta ocorrendo, com certeza o metro esta escondendo informações!
    A sociedade tem o direito de saber os verdadeiros motivos dessa situação vexatoria, afinal de contas o metro não é uma empresa privada, é sim propriedade do povo do estado de sao paulo, e deve esplicações convincentes sobre este atraso a população.
    Com certeza existe muita coisa podre por debaixo desta questão!

  • Anônimo 14 de novembro de 2010, 21:17

    Sou Motorista de fretado, e já perdi a maioria dos passageiros que iam até a paulista, por causa dessa palhaçada de ter que dar desembarque no metro Imigrantes.
    Segundo uma passageira que ainda usa meu fretado e trabalha no metro, diz que só irão liberar em horário integral a estação v. prudente, somente depois que inaugararem o terminal para onibus e lotação que estão fazendo ao lado, pois esta estação não tem capacidade de absolver em seu entorno todas as linhas de onibus que ali passam e fazem ponto final,,mas podem perceber quem por ai passa que as obras já fazem mais de 2 semanas que estão paradas, não tem nem um operário ali no canteiro.
    Ainda com todo o transtorno,a melhor maneira de se chegar a paulista ainda é usando o fretado até o imigrantes e fazendo baudiação.

  • Anônimo 15 de novembro de 2010, 10:01

    Não sou funcionário do Metrô, muito menos entendo nada de funcionamento de Metrô, mas parece lógico, que toda esta demora nos testes e para segurança de todos os usuários, ou querem que aconteça alguma coisa grave para depois chorarem o leite derramado. Já esperamos 30 anos para a vinda do metrô a Vila Prudente, não custa nada esperar mais um pouco, para a segurança de todos.

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 09:38

    e ridiculo o q o usuario precisa passar para chegar ao trabalho, acabei de entrar no metro depois de 15 min esperando na plataforma. Se a operação assistida é para evitar falhas, e as falhas não são evitadas, é hora de liberar as novas estações. Assim falha desde o início.. Até porque serviço de qualidade so na europa msm.

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 11:46

    Na verdade, entregaram a estação antes da eleição, como palanque eleitoral, e agora, viram que tem um problema, e estão escondendo da população, dizendo que os “protocolos” precisam ser cumpridos… Há um problema a ser resolvido, e a população tem o direito de saber qual é, e qual o prazo para ser solucionado.

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 12:59

    Obra eleitoreira, dizem que inaugurarão em AGOSTO 2010, antes das eleições………..que inauguração é essa Eu e tantos outros não podemos utilizar este meio de transporte….. não é possível ELES (METRÔ, GOVERNO/PREFEITURA), UTILIZAR ESTA OBRA PARA ELEGER O PREFEITO DE 2012.
    Vamos questionar o assunto na justiça

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 15:02

    Boa tarde

    Quantos comentarios, bom acho que a unica maneira de precionar e agilizar o fim da operação assistida, é realizar um protesto na frente da estação, convidando varias emissoras de TV como a Rede Globo, pois quando a midia começa expor os problemas em rede nacional, as soluções aparecem. Tambem ouvi um funcionario do metro falar que a data para o inicio do funcionamento integral das estações seria no dia 04/12/2010. Vamos esperar ou vamos protestar.

    • Anônimo 16 de novembro de 2010, 21:51

      É dificil a GLOBO comprar alguma briga contra o METRÔ de SP agora que a programação dela passa exaustivamente nos monitores espalhados pelas estações… As mesmas lideranças de bairro que colocaram a faixa na Anhaia Mello para agradecer pela estação, poderiam colocar uma outra cobrando uma solução rápida para todos os usuários dessa estação que estão ficando na mão…

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 19:49

    Realmente é uma história mal contada pelo Metrô. Já passaram 3 meses e nenhuma informação concreta sobre o funcionamento normal das estações foi da para a população. Não há transparência no processo. Por prestar um serviço público a entidade deveria dar explicações sobre o andamento dos testes e também uma previsão de conclusão. O povo é inteligente e sabe que tem coisa por “debaixo do pano”, não adiannta esconder, seria mais bonito assumir as responsabilidades.

  • Anônimo 16 de novembro de 2010, 21:21

    Por favor, fechem o metro! Tenho acompanhado todas as reportagens da Folha VP e em acordo com todos os usuários da versão impressa e eletronica deste meio de comunicação, realmente é melhor utilizarmos o serviço de transporte diretamente no Sacomã, do que ter que reembarcar na estação, de forma que se o metro não está preparado para a população, pelo menos nos deixe utilizar a estação Sacomã sem os tumultos provenientes destes teste interminaveis. Realmente devemos protestar para abrirem em definitivo ou fechar a estação.

  • Anônimo 19 de novembro de 2010, 14:59

    😆 Mas uma vez, chamo a atenção de todos vamos continuar protestando atravez de nossos email, isso é maior falta de consideração, um sistema diferente, implantado nas ultimas estações, conta outra rsrsrsrsrs, por que não falam a verdade, essa semana de manhã estava sendo utilizado so uma prataforma para embarque em sentido Vila Madalena, amanhã a estação Vila Prudente faz aniversario 03 (tres) meses, parabens quem sabe quando ela fazer 01 (um) ano, possa operar em periodo integral. 😛

  • Anônimo 18 de novembro de 2010, 01:56

    😥 Por causa dessa operação assistida eu tenho que continuar pegando a linha vermelha superlotada como sempre e que fica mais longe de casa. É desesperador passar esse sufoco e esse tempo maior pra voltar pra casa sabendo que esxite uma estção pronta do lado de casa já funcionando, mas que não posso usar !!!

  • Anônimo 18 de novembro de 2010, 11:11

    Infelizmente fomos enganados mais uma vez. Ta na cara que a “pseudo inauguração” foi uma estratégia eleitoreira, realizada as pressas, para os candidatos Serra e Alckmin gravarem comerciais e fazerem propaganda enganosa. Agora, enquanto os testes desta tal “nova tecnologia” ocorrem, temos que “testar” também nossa paciência (que parece não ter limite para aturar esses eternos picaretas que nos enganam eleição após eleição).

  • Anônimo 18 de novembro de 2010, 13:49

    Concordo com quem diz que nao se fala do real motivo para tanta demora! Quanto ao sistema, nao entendo nada, mas numa linha com 14 estacoes, pq implantar um novo sistema apenas entre duas estacoes?? mas, o que eu realmente acho eh que nao ha trens suficientes para abrir definitivamente tais estacoes! Vila prudente sera uma estacao terminal e aglomerara gde fluxo da zona leste! Tamanduatei tem integracao com linha CPTM. Paraiso ja eh um inferno pois recebe a linha azul. Nao deve haver trens suficientes para manter o intervalo entre trens no horario de pico. o trecho paulista ja deve estar no limite. a ampliacao do horario nas novas estacoes nao pode afetar aquele trecho pois ai sim teriamos um caos. Resumindo: inauguraram as estacoes por fins eleitoreiros ja que fica clara a falta de planejamento e assim mais uma vez sempre sobra para o povo!!!

  • Anônimo 19 de novembro de 2010, 12:04

    Para quem quer pagar a passagem e não descer na estação sacomã, é simples. Basta entrar pela estação de trem (e não do metro) na Tamanduatei, há vagões reservados para a interligação gratuita trem-metro e não precisa descer no Sacomã. 🙂

  • Anônimo 19 de novembro de 2010, 19:48

    Minha gente !!
    Inauguração somente em 2012 após ou próxima as eleições para Prefeito.
    VAMOS NOS ORGANIZAR, CONVIDANDO IMPRESA, COMUNIDADE DAS REGIÕES AFETADAS, PODER PÚBLICO ETC.
    Se não podemos utilizar o metrô, nos horários normais, então pq foi inaugurado uma obra , que não tem segurança para os usúarios. VAMOS PRESSIONAR……..

  • Anônimo 20 de novembro de 2010, 13:01

    O ser humano está cada vez menos agradecido, vcs precisam é ter mais paciência com as coisas, querem resultados imediatos depois que a coisa da errado, ai criticam……………ser humano vai entender…………..

    Obrigado senhores governantes de São Paulo, continuem sempre assim.

  • Anônimo 23 de novembro de 2010, 11:48

    Para mim, não restam dúvidas, não compraram trens e nem selecionaram pessoal para operacionalizar as estações.

    Essa desculpa esfarrapada de operação assistida é para não dizer;
    “ já que não ganhamos, que se ferrem!”

    Que desperdício! Uma obras tão esperada, feita com o nosso dinheiro, e se quer fornecem um prazo. Se fosse numa empresa privada, toda essa diretoria estaria na rua por incompetência.

    Dizem que precisam fazer mais testes. Daí pergunto, os usuários que utilizam gratuitamente são cobais?

    Sou obrigado a fazer uma via sacra para utilizar o Metrô no Sacomã e ontem consegui uma carona até a estação Paraíso. Nossa! horário de pico, 5 minutas para cada trem e não tinha um fiscal na rampa para orientar a massa. Já viu né! Os idosos… sem chance.

  • Anônimo 22 de novembro de 2010, 20:41

    Galera, vão se conformando, pois conversei com um funcionario do metrô e a resposta não foi nada animadora. Acho que vai ficar para o carnaval do ano que vem!!!

  • Anônimo 23 de novembro de 2010, 19:28

    É um absurdo! Entrei na estação Vila Prudente, hoje, às 8:45h. Só consegui entrar no outro trem no Sacomã às 9:05h! Devido todo o transtorno em descer no Sacomã, subir escadas, passar pela catraca, pagar a passagem, e voltar tudo de novo até a plataforma! E o pior, os funcionários do metrô não queriam deixar as pessoas entrarem nos 3 primeiros vagões vazios, destinados ao pessoal que vem da Vila Prudente! A plataforma estva muito cheia! Realmente, nos enganaram! Já enviei 2 reclamações ao metrô, e eles só informam o horário da operação assisitida e não informam os motivos ou pelo menos a data prevista para o funcionamento normal. Se pelo menos, a tarifa já fosse cobrada na Vila Prudente, já ajudaria. Estou indignada!

    • Anônimo 25 de novembro de 2010, 18:33

      Michelle,
      Tb enviei uma reclamação ao metrô, dizendo q ao menos durante a semana poderiam cobrar a tarifa já na estação vila Prudente. Mas acho q eles têm uma resposta padrão… Nem devem ler o q escrevemos!!! Tb estou indignada. E acho q deveríamos reclamar até obtermos uma resposta do metrô pelo menos quanto ao pagamento da tarifa na vila Prudente!

  • Anônimo 24 de novembro de 2010, 14:48

    MEU DEUS A IMPRENSA E A MIDIA NÃO ESTÃO VENDO O QUE ESTA ACONTECENDO!!
    PARABENS FOLHA DA VILA PRUDENTE POR DAR A DEVIDA IMPORTANCIA A ESTE ABSURDO QUE O METRO ESTA NOS PROPORCIONANDO!!!!
    IMCOMPETENCIA, MÁ FÉ, REVANCHISMO, CANALHICE, FALTA DE RESPEITO COM O POVO, É TUDO ISSO QUE ESPERAMOS DESSES GOVERNANTES DO PSDB, DEPOIS DAS ELEIÇÕES VEM CHORAR PORQUE NÃO CONSEGUEM VOTOS, O POVO ESTA ENCHERGANDO NÃO É MAIS IDIOTA!!!

  • Anônimo 25 de novembro de 2010, 11:46

    Cadê os politicos eleitos da vila prudente?????, é aquela velha história só aparecem mesmo em anos de eleições para pedir votos….ou para se promoverem para inaugurações de ruas, praças, invasões….vergonha….o povo merece estes pseudos politicos oportunistas….continuem votando neles (sempre os mesmos).

    • Anônimo 26 de novembro de 2010, 10:11

      Realmente, cadê os políticos da região, Sr. Adriano(PT), Sr. Chico Macena (PT), Sr. Antonio Pallocci (PT), Sr. Gabriel Chalita (PDT) etc

      • Anônimo 28 de novembro de 2010, 11:03

        [quote name=”Fernando”]Realmente, cadê os políticos da região, Sr. Adriano(PT), Sr. Chico Macena (PT), Sr. Antonio Pallocci (PT), Sr. Gabriel Chalita (PDT) etc[/quote]
        Pois é Sr.Fernando, são estes mesmos, os de sempre que ficam sempre em cima do muro, apoiando invasões, e não fazendo nada, como sempre.

    • Anônimo 29 de novembro de 2010, 16:28

      [quote name=”Carlos”]Cadê os politicos eleitos da vila prudente?????, é aquela velha história só aparecem mesmo em anos de eleições para pedir votos….ou para se promoverem para inaugurações de ruas, praças, invasões….vergonha….o povo merece estes pseudos politicos oportunistas….continuem votando neles (sempre os mesmos).[/quote

      Metade destes que você citou está em Brasília pedindo um cargo no governo da Dilma.
      A outra metade e os demais dos outros partidos (PSDB inclusive) não estão nem aí, porque usam carros oficiais para o descolamento.

  • Anônimo 26 de novembro de 2010, 11:35

    Encaminhei o link dessa matéria com os respectivos comentários para alguns órgãos da imprensa. Vamos ver se alguém se mexe…

  • Anônimo 15 de dezembro de 2010, 12:58

    Já faz mais de um mês desta reportagem e a situação continua a mesma.
    Mais um mês com as estações em operação assistida.
    Pelo jeito só vão entrar em pleno funcionamento em 1º de abril de 2014.

  • Anônimo 29 de novembro de 2010, 11:24

    Estações, Paulista… Faria LIma (Inauguração) Enganação em MAIO e até agora em operação assistida………..
    Xiiiiii !!! VIla PRudente já tem 03 meses……….Creio EU que vamos ter que esperar no mínimo 01 ano, para usufrir deste meio de transporte. QUE PENA !!!!!!!!
    Espero que o POVO desta região não esqueça ………..esta obra eleitoreira do GOVERNO DO ESTADO.
    E é só começo……. e o ainda falta o tal de MONOTRILHO…

  • Anônimo 1 de dezembro de 2010, 12:45

    Meus caros amigos reclamantes, agora após 16 anos de desgoverno do Psdb em SP, e vocês votaram mais uma vez neles, creio que não há o que reclamar.

    Como a maioria votou no Alckimim novamente, conclui-se logicamente que estavam contentes com o que eles fizeram nas últimas duas décadas em SP, agóra não adianta reclamar do metrô ou do que quer que seja, basta esperar mais 4 longos anos de desgoverno e nas próximas eleições votem certo. um abraço

    • Anônimo 1 de dezembro de 2010, 16:10

      [quote name=”Osvaldo Iannuzzi”]Meus caros amigos reclamantes, agora após 16 anos de desgoverno do Psdb em SP, e vocês votaram mais uma vez neles, creio que não há o que reclamar.

      Como a maioria votou no Alckimim novamente, conclui-se logicamente que estavam contentes com o que eles fizeram nas últimas duas décadas em SP, agóra não adianta reclamar do metrô ou do que quer que seja, basta esperar mais 4 longos anos de desgoverno e nas próximas eleições votem certo. um abraço[/quote]

      O governo do PT não construiu 1 km sequer de metrô… A questão agora não é política, e sim técnica. Claro, que cabe ao governo cobrar do Metrô. Agora, criticar o Alckmin por causa da palhaçada dessa linha que nunca é entregue, não faz tanto sentido. Acredito que a população deve fazer algum tipo de protesto, com faixas, passeata ou algo do tipo….

  • Anônimo 1 de dezembro de 2010, 22:55

    Corroborando com a matéria da Folha VP, transcrevo, abaixo, trechos da publicação do Jornal da Tarde de 05/11/2010, intitulada METRÔ: CONTROLE DE TRENS TRAVA NOVAS ESTAÇÕES :
    “Segundo técnicos do Metrô, as estações Vila Prudente e Tamanduateí, da Linha 2-Verde, só devem operar comercialmente em janeiro ou fevereiro(…)
    O novo sistema, chamado CBTC (controle de trens baseado em comunicação, na sigla em inglês), é um dos pilares do programa de expansão do Metrô. Ele permite reduzir a distância de um trem para outro e, assim, diminuir os intervalos entre as composições e a superlotação da rede. Hoje o tempo entre os trens varia de 108 a 222 segundos nos horários de pico, dependendo da linha.
    O problema é que o CBTC [sistema tido como o mais moderno que existe] ainda não controla os trens com precisão necessária para que a operação seja classificada como segura, segundo afirmam técnicos do Metrô(…) Segundo os relatos, os trens não estão parando no ponto exato nas plataformas, acionam indevidamente o freio de emergência e obrigam maquinistas a assumirem a direção manual das composições.
    Para piorar, as portas de plataforma (outra tecnologia nova) só abrem automaticamente se o trem parar exatamente no ponto determinado da plataforma, o que às vezes não ocorre.
    O CBTC só está instalado no trecho entre Sacomã e Vila Prudente. Mas o plano do Metrô é instalá-lo em toda a linha.(…)
    A Alstom, empresa que está instalando o CBTC na Linha 2-Verde, diz em nota que, “por ser um sistema novo e ter a interface com o sistema atualmente existente, assume-se que estas situações sejam previsíveis”, mas que estão sendo controladas. Segundo a empresa, o que está sendo feito “é o equivalente a se ‘trocar a turbina de um avião com ele em funcionamento’”, diz a nota.”

    Como podem ver, a questão é técnica, e, não, política. E também não é tão simples como alguns acham.

    • Anônimo 2 de dezembro de 2010, 12:48

      Como a própria ALSTOM afirmou, estas questões eram previsíveis…

      Então que não inaugurassem nada para que o sistema fosse implementado corretamente…

    • Anônimo 2 de dezembro de 2010, 18:59

      OK, entendi, quer dizer que a expansão do metro no estado de são paulo esta cancelada ?
      E a população tem que engolir, porque a questão é tecnica, que legal neste caso então o alibi tem que ser aceito, “pois a questão é tecnica”, O que me importa como usuario é poder usar o mettro, pois o dinheiro gasto na construção das estações e tudo mais saiu do meu bolso como imposto pago.

      Como a questão é “tecnica”, tudo o que esta ocorrendo tem uma causa, é a IMCOMPETENCIA DO METRO EM LICITAR CORRETAMENTE E FISCALIZAR DE MANEIRA HONESTA O SERVIÇO DE SEUS FORNECEDORES, NO CASO A ALSTOM.

    • Anônimo 6 de dezembro de 2010, 23:25

      Sergio, percebo que pelo seu comentário, você é muito ingênuo, ou faz parte do PSDB.

  • Anônimo 4 de dezembro de 2010, 17:33

    infelizmente o metro só será aberto do dia 01/01/2011.
    Nós não aguentamos mais tanto tempo de operação assistida, o Vila prudente já faz 3 meses e meio… tem um amigo meu que o professor dele da faculdade é um dos engenheiros da obra, e estes engenheiros entragaram a obra 100% antes do dia 18 de novembro, sendo assim seria inaugurada oficialmente no dia 20 de novembro, também como me informou um agente do metro santos-imigrantes, ele disse que pelo metro já estava tudo ok. Então caros colegas, ainda não inaugurou, simplesmente pelo lado eleitoreiro,o Alckimim não quer.. somente no dia 1 de janeiro de 2011, qdo ele toma posse. Enquanto nós estamos sofrendo com a condução, eles não tem nem ai, querem apenas ver o lado deles, pois para a carreira politica deles, este é um grande passo, não estão nem ai conosco, devemos fazer um a parada em frente o metro reivindicando isso, ou simplesmente esperarmos..esperarmos… e esperasmos!!!!!!

  • Anônimo 5 de dezembro de 2010, 15:16

    Tá na Cara que isso é uma nova técnologianova da Alstom, e que nós fomos as cobaias pra ela. Álias que melhor país pra vir testar um um novo experiemto, pra depois então de estar tudo certinho eles poderem vender pros países desenvolvidos!!! Como disse o Stalone quando filmou aqui. “O Legal do Brasil é que você pode ir lá explodir o país inteiro e no final ele ainda te dizem obrigado e te dão um macaquinho de presente pra você lever de lembrança”

    • Anônimo 6 de dezembro de 2010, 15:06

      [quote name=”Vitor”]Tá na Cara que isso é uma nova técnologianova da Alstom, e que nós fomos as cobaias pra ela. Álias que melhor país pra vir testar um um novo experiemto, pra depois então de estar tudo certinho eles poderem vender pros países desenvolvidos!!! Como disse o Stalone quando filmou aqui. “O Legal do Brasil é que você pode ir lá explodir o país inteiro e no final ele ainda te dizem obrigado e te dão um macaquinho de presente pra você lever de lembrança”[/quote]
      [quote name=”Vitor”]Tá na Cara que isso é uma nova técnologianova da Alstom, e que nós fomos as cobaias pra ela. Álias que melhor país pra vir testar um um novo experiemto, pra depois então de estar tudo certinho eles poderem vender pros países desenvolvidos!!! Como disse o Stalone quando filmou aqui. “O Legal do Brasil é que você pode ir lá explodir o país inteiro e no final ele ainda te dizem obrigado e te dão um macaquinho de presente pra você lever de lembrança”[/quote]

      È Vitor, é bem por aí… a banana comendo o macaco, e o povo?? que povo?….que se exploda!…. e viva toda esta corja de politicos incompetentes.

    • Anônimo 10 de dezembro de 2010, 18:54

      [quote name=”Vitor”]Tá na Cara que isso é uma nova técnologianova da Alstom, e que nós fomos as cobaias pra ela. Álias que melhor país pra vir testar um um novo experiemto, pra depois então de estar tudo certinho eles poderem vender pros países desenvolvidos!!! Como disse o Stalone quando filmou aqui. “O Legal do Brasil é que você pode ir lá explodir o país inteiro e no final ele ainda te dizem obrigado e te dão um macaquinho de presente pra você lever de lembrança”[/quote]

      Esse sistema não é tão novo: já está em operação na França, Estados Unidos e Espanha. Na verdade o sistema q temos aqui no Brasil está ultrapassado, e não devem estar conseguindo sincronizar os dois. Mas estão fazendo o povo de palhaço, um descaso total….

  • Anônimo 7 de dezembro de 2010, 18:19

    Teve um colega aí que supos a inauguração para 01/01/2010, eu não seria tão otimista….

    A linha amarela está até hoje em operação assistida sem previsão inauguração total…

  • Anônimo 3 de janeiro de 2011, 17:19

    Tiraram a placa para parar de passar vergonha e dar a impressão de que tudo está bem.
    As estações viraram marcos da incompetência e do descaso com transporte público.
    Sinceramente, já não tenho mais esperanças que entreguem estas estações antes do meio do ano.

  • Anônimo 13 de dezembro de 2010, 19:14

    precisamos nos mobilizar e cobrar dos dirigentes do metro a operação integral. Vamos agitar…….

  • Anônimo 13 de dezembro de 2010, 20:42

    😡 Bom eu não aguento mais a operação assistida, não imaginei que ia demorar tanto para as novas estações vila prudente e tamanduatei funcionarem em periodo integral, dia 21/12/2010 metro vila prudente faz aniversario 04 (quatro) meses de operação, não temos a quem recorer a não ser esperar mesmo. 😥

    • Anônimo 14 de dezembro de 2010, 18:35

      Acho que está na hora de buscarmos uma reinvindicação mais ativa, fazer algum tipo de protesto com TV no local, porque caso contrário este metro só vai sair para copa de 2014.
      Nesta época não aparece nenuhm vereador da região não é mesmo?
      O jornal não pode fazer nada para buscar um protesto com os moradores da região?

  • Anônimo 27 de dezembro de 2010, 18:28

    Boa tarde

    Esse foi o argumento expresso nas noticias do site expansão São Paulo:

    – O trecho entre Sacomã e Vila Prudente já está funcionando em regime de operação assistida, das 8h30 às 17h00.

    Linha Verde – A extensão do horário operacional se dará assim que todos os rigorosos protocolos de testes sejam finalizados. Dificuldades técnicas na implantação do novo sistema de sinalização e controle da movimentação dos trens, sob responsabilidade da Alstom, são a principal razão do atraso na operação em horário pleno.

    Então ja que o culpado é a empresa Alstom, por favor na proxima vez contrate outra, 04 (quatro) meses de operação assistida, parabens pela EFICIENCIAAAAAAAA 😆 😀 🙂 😥 😡 :zzz

  • Anônimo 27 de dezembro de 2010, 18:43

    Saiu notícia no site do Metrô, responsabilizando a Alstom… E aí, de quem é a culpa? Governo? Metrô? Alstom?

    http://www.metro.sp.gov.br/aplicacoes/news/tenoticiasview.asp?id=65655752J9&categoria=6561F2&idioma=PO

    • Anônimo 30 de dezembro de 2010, 12:05

      Quem contrata é o governo…
      Então, a culpa é do governo…

      Se não está bom agora, não estava bom há 4 meses, então não inaugurassem…

  • Anônimo 29 de dezembro de 2010, 13:07

    Hoje retiraram a placa enorme que informava o horário de funcionamento, estava fixada na parede da rua cavour. Acho que vem novidades…ou roubaram a placa mesmo 😆

  • Anônimo 30 de dezembro de 2010, 17:48

    Todos incompetentes!!!!!!!!!!

  • Anônimo 4 de janeiro de 2011, 17:14

    Se tiraram a placa é porque NÃO faz mais sentido chamar a estação Vila Prudente de “nova estação” tendo sido inaugurada há mais de 4 meses já! Nem bebê não é mais recém-nascido com esse tempo de vida. Mais ridículo ainda é chamar aquilo de visita. Alguém ainda visita de fato as “novas” estações ou “apenas” as utilizam para seus compromissos? Nem precisam responder…

  • Anônimo 4 de janeiro de 2011, 18:24

    E aí???
    Nada de trens em horário integral ainda???
    E a linha amrela??? Nada ainda tb????

  • Anônimo 3 de janeiro de 2011, 20:49

    :zzz
    Acredito que eu e todos aqui sabemos que nada vai mudar, ou seja, estamos perdendo tempo postando este tipo de comentário, pois sabemos a preocupação que o Governo, Metrô e Alstom, vão continuar com está palhaçada de não atender nada dentro do prazo estipulado, e qualquer outro atraso que tiver nas obras das novas linhas de metro, eles vão continuar jogando ping pong, e tomar cerveja nos finais de tarde juntos, agora pergunto.
    Quando será que as autoridades federais vão resolver estes problemas?

    • Anônimo 8 de janeiro de 2011, 23:00

      [quote name=”Carlos Alves”]:zzz
      Acredito que eu e todos aqui sabemos que nada vai mudar, ou seja, estamos perdendo tempo postando este tipo de comentário, pois sabemos a preocupação que o Governo, Metrô e Alstom, vão continuar com está palhaçada de não atender nada dentro do prazo estipulado, e qualquer outro atraso que tiver nas obras das novas linhas de metro, eles vão continuar jogando ping pong, e tomar cerveja nos finais de tarde juntos, agora pergunto.
      Quando será que as autoridades federais vão resolver estes problemas?[/quote]
      Meu amigo Carlos alves: Olha, seja sensato, o povo de SP faz a cagada na hora de votar, votando em candidatos do PSDB e depois você quer que o Governo Federal resolva o problema por aqui? Oras, seja coerente, o povo de SP tem que se ferrar mesmo. Veja o monte de comentários absurdos anteriores nesse tópico, dizendo que o problema não é político e sim que é um problema “técnico. E tbém disse que o PT nunca construiu 1 km de metrô sequer. Mas como poderia ter construido se o PT nunca foi governo em SP. Veja que o Lula foi o melhor presidente da história do Brasil, e o povo aqui de SP continua votando nos adversários. Tem que se dar mal mesmo.

  • Anônimo 3 de janeiro de 2011, 21:28

    Não esquentem a cabeça, com a competencia daqueles que votamos, vai começar a operar em horario normal antes da copa do mundo de 2014… não esquentem a cabeça…. :-*

  • Anônimo 6 de janeiro de 2011, 01:03

    Ah, todas as outras placas continuam por lá. Portanto, isso não significa nada!

  • Anônimo 6 de janeiro de 2011, 14:20

    O novo secretário de transportes prometeu que ficariam prontas no primeiro semestre de 2011….
    Assim o cara já garantiu mais seis meses de “embromation” sem ter que dar muitas desculpas.
    Disse que parte da linha amarela seria disponibilizada neste mesmo prazo.
    Ainda acho que só ficam prontas lá pra agosto mesmo. A gosto de Deus…. 😆

  • Anônimo 17 de janeiro de 2011, 18:51

    Segundo os próprios funcionários do Metro a burrada foi do governo gastar bilhões para comprar e implantar esse “novo” sistema Francês, que não funcionou na França… me pergunto, se não funcionou lá, como que ele vai funcionar aqui? Por que no Brasil tudo se dá um jeitinho? Por isso a demora, eles estão observando que realmente não está seguro, e estão “testando e testando…”. Pra mim vai ficar nisso mesmo… até eles resolverem gastar mais alguns bilhões para trocar de sistema… Francamente! Nós não somos palhaços!!!

  • Anônimo 21 de janeiro de 2011, 13:17

    Vamos fazer o seguinte: ninguém desse na estação Sacomã para pagar. Assim o metrô irá tomar alguma atitude de liberar pelo menos a cobrança na estação Vila Prudente.
    Só de descer, dar a a volta e pagar, vc perde 10 minutos ou mais.

  • Anônimo 21 de janeiro de 2011, 17:35

    Estação Vila Prudente, do Metro, com esse sistema novo, que não funciona, ou eles não conseguem fazer funcionar, isso não veio com “modo de Fazer” e CBTC sabem o que é isso Complicação Brasileira para Transtorno do Cidadão.
    E acho se não funciona Fecha, e quando pronta reabre, e não fazer a gente de bobo.
    Ana

  • Anônimo 22 de janeiro de 2011, 14:29

    Já sabem, né…. nas próximas eleições não adianta votar na turma do Serra nem do Alckmin…. olha o resultado da enganação….. eles entregaram essas estações do Metro sem que as mesmas estivessem prontas !!!! É caso de polícia !

  • Anônimo 26 de janeiro de 2011, 11:35

    😆 Bom dia a todos hoje foi mas um transtorno, devido ao trasito no largo da vila prudente, cheguei mas uma vez atrasado, mas isso poderia ser evitado se a estação VILA PRUDENTE estivese funcinando em horario integral, mas fiquei sabendo a data da inauguração definitiva é dia 01 de abril de 2011 😀 😀 😀 continuem sonhando e protestando quem sabe da certo :-* :zzz

  • Anônimo 26 de janeiro de 2011, 18:00

    A operação assistida so vai acabar, depois que o novo terminal, incluindo a passarela estiver pronta, pois alguns acessos a estação vila prudente ja estão fechados, arvores até ENTÃO preservadas, agoram foram cortadas, soube tambem que não havare ampliação de horario e que vão continuar a cobrar a passagem a partir da estação SACOMA. Parabens pelo incompetencia, fico me perguntando pra que foi inaugurar uma estação sem que todas as obras estivesem terminadas. :-* 😥 😡 😛 :zzz

  • Anônimo 31 de janeiro de 2011, 23:20

    Na opinião de vocês é INCOMPETÊNCIA OU NÃO:

    Londres Malha ferroviaria de 408 km

    São Paulo Malha ferroviaria de 69,0 km (MÉROS E RIDÍCULOS 69 km e não tem nada de prazeroso nisso rs.rs.rs.)

    E tem mais INCOMPETÊNCIA a linha vermelha quando chove o trêm é obrigado a ir mais devagar pois o sistema de frenagem em contato com a agua pode ocasionar uma falha, não seria mais fácil MODERNIZAR e fazer uma cobertura ao em vez de diminuir a velocidade do trem que naquele trecho é caus total no horario de pico?

    Ai ai quanta INCOMPETÊNCIA

    Queria ve o cronograma de inplantação da EXTENSÃO da linha VERDE quanto tempo ela estara funcionando?

    E a linha Branca que ligará a estação vila prudente até a já SATURADA linha vermelha

    Podiam implementar METRO LEVE em substituição do FURA-FILA OU PAULISTÃO, que ligaria Parque Dom pedro até a Vila Prudente e da Vila Prudente até a linha 15 branca(ligará a vila prudente a linha vermelha na estação Penha e aos trens da CPTM Linha Safira), Pessoal da Folha da Vila Prudente Sugira essa extensão da linha 15 Branca ao Metro ou a Prefeitura ou ao Governo de São Paulo
    Dúvidas entrem em contato

    Vamos cobrar os GOVERNOS MUNICIPAIS ESTADUAIS E FEDERAIS – Construam mais METRO … MAS CONSTRUAM RÁPIDO … ANTES DA COPA DO MUNDO DE 2014 …

  • Anônimo 21 de fevereiro de 2011, 18:25

    Uma decepção sem tamanho essas obras inacabadas do metrô, a Rua (Pedro de Godói) onde moro está interditada as ruas ao redor esburacadas (Pires Pimentel), com resto de obras, um descaso total, parece que vivemos em um local abandonado.
    Ao solicitar explicações do metrô, recebo informações sucintas e desconexas, falando de segurança e não se comprometendo com prazos, uma pena, tanto tempo aguentando a obra e não saber quando ela terminará.
    Só agora alguém se compromete com um prazo, para que possamos utilizar o metrô não só para passear, espero que desta vez seja levado a sério e que o metrô continue sendo uma instituição confiável.
    Que o novo Diretor coloque ordem na casa e verifique os prazos que não estão sendo cumpridos, a Rua Pedro de Godói tinha previsão inicial de 18 meses de interdição, continua interditada após 33 meses, sem nenhuma informação coerente.

  • Anônimo 4 de maio de 2011, 17:14

    É um absurdo ver que alguns comentários pedem coerência com esse descaso do governo com o transporte. Coerência sim, agora fazer a população de idiota não. As empresas que implantaram esses sistemas são as mesmas que financiaram as campanhas eleitorais de Serra, Alckmin e Kassab. Empresas como a Alston e a Siemens são as responsáveis por esses sistemas e o governo PSDBista foi quem assinou essas licitações. O sistema CBTC é o mesmo sistema responsável pela colisão dos trens em Washington DC segundo a internet. Não confio por exemplo nos sistemas instalados do Metrô privatizado da linha 4 amarela, lá não existe operador de trem. Precisamos de segurança nos transportes coletivos, mas o que não dá pra aceitar é ver esses políticos em época de eleições prometerem datas que sabem que não vão cumprir…

  • Anônimo 4 de maio de 2011, 17:24

    Chega de Sufoco !!! A situação tem piorado para a população e para os metroviários. Nos últimos 15 anos, o número de usuários transportados por dia pelo Metrô quase dobrou, atingindo mais de 3,6 milhões de usuários por dia. Em 1995 haviam 8155 metroviários contratados e hoje não ultrapassa 8700 metroviários trabalhando dia, noite e finais de semana. Hoje a maioria dos metroviários trabalha dobrado, piorando suas condições de vida, e a qualidade dos serviços prestados à população. De 1995 pra cá o governo acabou com os 30% de subsídio aos custos do Metrô (pra onde está indo esse dinheiro ?). Por causa disso, nesses 15 anos a tarifa aumentou em 263% ! Totalmente desproporcional a uma inflação de 131%. O Metrô aumenta a tarifa, lucra mais e esse lucro não é repassado para os metroviários e nem em infraestrutura do sistema para a população. O governo tem dinheiro, mas não dá prioridade ao transporte coletivo.

  • Anônimo 4 de maio de 2011, 17:28

    Com o ritmo de construção do metrô de São Paulo, seriam precisos, no mínimo, 60 anos para alcançar os 200 quilômetros de metrô necessários para atender a população atualmente. Em Barcelona foram construídos 80 quilômetros de metrô em 5 anos, e na China, a média de construção foi de 30 quilômetros por ano.
    Metrô do México – desde 1967 até 2000: 200km
    Metrô de São Paulo – desde 1968 até hoje 70km

  • Anônimo 4 de maio de 2011, 17:30

    A maior linha de Metrô que construíram nos últimos anos foi a Linha 4 amarela que é privada, ainda não está funcionando direito e não tem operador de trem. Linha 4 Amarela não é do Metrô, e sim da CCR (Camargo Correia Rodovias). O governo entregou o Metrô para a iniciativa privada…