Após vendaval, Enel deixa consumidores mais de 48h sem energia

A combinação da passagem de uma frente fria sobre o continente com o deslocamento de um ciclone extratropical entre a Região Sul e o litoral paulista, provocou vendaval que resultou em muitos transtornos na capital na última quarta-feira, dia 10. De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da Prefeitura, as rajadas de vento em São Paulo chegaram a 75 km/h.
O Corpo de Bombeiros recebeu mais de 100 chamados de quedas de árvores na cidade até às 19h de ontem, dia 11. Pelo menos duas grandes espécies desabaram sobre veículos na região, atingiram residências e provocaram a interrupção do fornecimento de energia elétrica. Um dos casos ocorreu na rua Inhangapi, próximo ao cruzamento da rua Manaias, na Vila Zelina.
A outra ocorrência foi na rua Itaperima (foto acima), na Santa Clara, onde os moradores ficaram sem o restabelecimento da energia elétrica até a manhã desta sexta-feira, dia 11. “A árvore desabou por volta das 13h30 da quarta e a Enel só apareceu às 11h do dia seguinte para desligar os cabos de alta tensão e os bombeiros iniciarem a remoção. Deram prazo inicial para religar a energia às 18h da quinta, depois às 19h e o prazo só aumentava”, contou uma moradora que precisou jogar no lixo vários itens da geladeira. Também houve queixas de falta de energia na rua Fernão Marques, paralela a Itaperima.

Mais de 48 horas

No condomínio Giardino Imperiali I, na avenida Oratório, no Parque São Lucas, não houve queda de árvore, mas o sofrimento dos moradores e a indignação com a Enel foi ainda maior. O fornecimento de energia foi interrompido às 15h30 da quarta-feira e somente na tarde desta sexta-feira, dia 12, uma equipe da Enel apareceu no local. O conserto do transformador com problema foi concluído às 17h20 – quando o condomínio já enfrentava mais de 48 horas sem o serviço. Neste período, os apartamentos também tiveram desabastecimento de água porque as bombas pararam de funcionar e foi necessário alugar um gerador.
“Não sabemos mais a quem recorrer. É um descaso absurdo!”, reclamavam diversos residentes alegando que fizeram dezenas de chamados para a Enel desde a quarta-feira.

O que diz a Enel

Contatada no início desta tarde pela reportagem, a Enel respondeu às 14h49 que uma equipe estava a caminho do condomínio no Parque São Lucas. A empresa alegou ainda que “já restabeleceu o fornecimento de energia para 96% dos clientes que tiveram o serviço interrompido durante a passagem do ciclone extratropical. A companhia está trabalhando em casos pontuais, a maioria deles mais complexos, que demandam mais tempo de atendimento devido a necessidade de reconstrução de trechos inteiros de rede elétrica danificados”. Informou ainda que “está colocando de forma emergencial, adicionalmente, mais de 900 colaboradores para atender às áreas mais afetadas da maneira mais rápida possível. A Enel lamenta o transtorno e reforça que está dedicando todos os esforços para garantir o atendimento aos clientes”.
Até o fechamento desta matéria, a Enel não se pronunciou sobre ressarcimentos aos consumidores e se haverá desconto na conta de luz. (Kátia Leite)

Na rua Itaperima, a Enel levou quase 24 horas para desligar cabos de alta tensão e possibilitar a remoção da árvore pelo Corpo de Bombeiros. Foto: Fernando Salvio
Apesar de dezenas de chamados de moradores, a Enel só atendeu condomínio no Parque São Lucas mais de 48 horas após a interrupção do serviço
Linha 15-Prata terá operação diferenciada neste fim de semana

Neste sábado, dia 13, todas as estações da Linha 15-Prata do Metrô ficarão fechadas para o público das 4h40 às 16h para testes de uma nova versão do sistema de sinalização e controle dos trens. Neste período, para atender aos passageiros, serão disponibilizados 30 ônibus articulados do sistema PAESE (Plano de Apoio entre Empresas em Emergência) entre as estações Vila Prudente e Jardim Colonial.

Após às 16h e até o fim da operação, apenas a estação Jardim Colonial permanecerá fechada para continuidade dos testes. As demais voltam a funcionar normalmente.  Os passageiros da estação Jardim Colonial continuarão sendo atendidos pelo PAESE, entre as estações São Mateus e Jardim Colonial.

No domingo, dia 14, somente a estação Jardim Colonial permanecerá fechada das 4h40 às 16h para realização de testes. Os passageiros desta estação voltam a ser atendidos no trecho São Mateus/Jardim Colonial pelos ônibus do sistema PAESE, gratuitamente, até a reabertura.

Os testes realizados na Linha 15-Prata possibilitarão a entrada de novos trechos de manobras em operação, localizados na região das estações Vila Prudente e Jardim Colonial. Futuramente, com estas novas áreas em operação, as manobras das composições ganharão maior agilidade, possibilitando a circulação de mais trens nesta linha, beneficiando os passageiros com menores intervalos entre as viagens.

Festa de Santo Emídio de sexta a domingo

A Paróquia de Santo Emídio prossegue com as celebrações e festejos em homenagem ao dia do padroeiro, 5 de agosto. Santo Emídio também é o padroeiro de Vila Prudente.

A partir de hoje, dia 12, começa a tradicional Festa de Rua. Nesta sexta-feira a quermesse tem início às 18h e vai contar com caldo, churrasquinho, salgados e bebidas. Haverá apresentação do cantor Gustavo Romântico. Amanhã, dia 13, o festejo começa às 16h e terá a tradicional Fogazza, além de lanche de pernil e outras opções. Haverá brincadeiras para as crianças e música ao vivo.

No domingo, dia 14, a quermesse acontece a partir das 11h com muita comida típica, brincadeiras e música. A festa acontece na rua Ingaí, ao lado da paróquia.

Homenagem

Neste sábado, dia 13, às 15h30, haverá homenagem ao padre Damião Kleverkamp ss.cc. com inauguração de busto na praça que leva seu nome. O padre foi o primeiro pároco de Vila Prudente e fundador do Círculo de Trabalhadores e do Colégio João XXIII. A celebração marca os 75 anos de sua morte e contará com o bispo auxiliar de São Paulo, Dom Cícero Alves.

Na sequência, às 16h, será realizada missa na Paróquia de Santo Emídio presidida pelo bispo.

Covid-19: liberada quarta dose a partir de 18 anos

A Prefeitura anunciou no início da tarde que a partir desta terça-feira, dia 9, a dose adicional de reforço da vacina contra a Covid-19 estará disponível, na cidade de São Paulo, para toda a população adulta acima de 18 anos de idade. 

Para estar apto à vacinação, o cidadão precisa ter recebido a dose anterior há pelo menos quatro meses. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, estão elegíveis 911.701 pessoas para essa nova etapa da campanha.  

“Esse é mais um passo importante na nossa luta contra a Covid-19. É fundamental que todos tomem as doses de reforço para continuarem protegidos das formas graves da doença”, destacou o secretário municipal da Saúde, Luiz Carlos Zamarco. 

Até o momento, foram aplicadas 34.672.988 doses de vacina contra a Covid-19 na capital. Na população adulta, a cobertura vacinal está em 107,4% para segunda dose, em 83,7% para primeira dose adicional (terceira dose) e em 53,5% para segunda dose adicional (quarta dose), considerando os grupos elegíveis atualmente. 

Os imunizantes estão disponíveis em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e Assistências Médicas Ambulatoriais (AMAs)/UBSs Integradas.

A população pode consultar a disponibilidade de vacinas bem como a situação das filas nos postos em tempo real por meio da plataforma De Olho na Fila

Futura estação Anália Franco deve obter certificação verde

Dentre as oito futuras estações anunciadas no prolongamento da Linha 2-Verde, as equipes do Metrô identificaram que a Anália Franco é a mais viável e tem maior potencial para obter a certificação Leadership in Energy and Environmental Design (LEED) – que em português significa Liderança em Energia e Design Ambiental.

De acordo com o presidente do Metrô, Silvani Pereira, o objetivo da certificação é comprovar a adoção de práticas de construções sustentáveis. Também acarreta em melhoria na eficiência hídrica e energética da futura estação, reduzindo os custos de operação e manutenção.

Ainda segundo Pereira, durante o mapeamento das adaptações necessárias, foi identificado que algumas dessas boas práticas já são presentes nas diretrizes da Companhia, como a utilização de lâmpadas LED e captação e uso de água pluvial para fins não potáveis, entre outras.

A perspectiva é que, em cerca de dez anos, ocorra diminuição de custo de aproximadamente R$ 1,7 milhões de energia elétrica e água potável para a estação e a redução de 107 toneladas de emissão de CO2. “Portanto, os benefícios são maiores que as adaptações necessárias”, conclui o presidente.

Em andamento

O novo trecho da Linha 2-Verde terá 8,4 quilômetros de extensão da Vila Prudente até a Penha e está em obras simultâneas. Nesta semana foi concluída a escavação do poço da futura estação Orfanato. Foram removidos aproximadamente 60 mil metros cúbicos de terra em 273 dias. As próximas etapas serão o lastro de concreto magro, poço de recalque, impermeabilização e montagem da armação da laje de fundo.

Santo Emídio: festa para o padroeiro de Vila Prudente

Hoje, 5 de agosto, é comemorado oficialmente o Dia de Santo Emídio, considerado o padroeiro de Vila Prudente. A Paróquia de Santo Emídio celebra Missa Solene às 19h30 e haverá venda de bolo que se estenderá durante todo o final de semana.

Além da programação religiosa, a comunidade da paróquia organizou eventos festivos. Neste sábado, dia 6, acontece a Noite da Fogazza com rodadas de bingo, a partir das 18h no salão da igreja. O ingresso antecipado custa R$ 20 e na hora, R$ 25. No domingo, dia 7, após a missa com procissão pelas ruas do entorno da igreja, será realizado o Almoço de Santo Emídio, das 11h30 às 14h30. O convite antecipado sai por R$ 30 e R$ 35 no dia. À venda na secretaria da paróquia.

No dia 13, às 15h45, haverá homenagem ao padre Damião Kleverkamp com inauguração de busto na praça que leva seu nome. Na sequência, às 16h, será realizada missa presidida pelo bispo auxiliar de São Paulo, Dom Cícero Alves.

Festa de Rua

A tradicional Festa de Santo Emídio acontece nos dias 12, 13 e 14 de agosto com barracas de comidas, bebidas e brincadeiras, além de música ao vivo.

Paróquia de Santo Emídio: rua Ingaí, 67, Vila Prudente – telefone: 2063-1821.

Plano Diretor: Prefeitura faz oficinas na região

A Secretaria Municipal de Urbanismo e Licenciamento (SMUL) realiza amanhã, dia 6, o último ciclo das oficinas presenciais da Revisão Intermediária do Plano Diretor Estratégico (PDE). Haverá debates na Vila Prudente, Mooca e Sapopemba.

Todos os eventos acontecem a partir das 9h e são abertos aos cidadãos e entidades da sociedade civil. De acordo com a Prefeitura, o objetivo será ouvir a população e identificar as principais demandas na região.

O Plano Diretor, válido até 2029, prevê mecanismos para o planejamento e desenvolvimento da cidade. A proposta da revisão é fazer aperfeiçoamentos e ajustes de acordo com as mudanças ocorridas desde o início de sua vigência. A Prefeitura afirma que os ajustes respeitarão todas as premissas que o Plano Diretor de 2014 propõe em relação a seus Objetivos e Diretrizes.

Onde

Na Vila Prudente a oficina acontece no auditório do CEU Vila Alpina, na rua João Pedro Lecor, 144.
Na Mooca será realizada no Teatro Artur Azevedo, na avenida Paes de Barros, 955.
No Sapopemba está marcada no CEU Sapopemba, na rua Manuel Quirino de Mattos, s/nº.