Mooca pode ganhar hospital universitário em parceria com Miami


O prefeito Bruno Covas (PSDB) recebeu ontem, dia 13, em seu gabinete, o prefeito de Miami, nos Estados Unidos, Francis Suarez, para tratar de parceria entre as duas cidades na área da Saúde. No encontro foi discutido um protocolo para a criação de um hospital universitário modelo em São Paulo, na região da Mooca.

“Discutimos uma parceria na área de Saúde, entre a Universidade de Miami, apoiada pela prefeitura de Miami, e a cidade de São Paulo. A ideia é que tenhamos aqui um hospital para pesquisas e formação de médicos, que consigam atender as necessidades da população”, afirmou Covas. “A Universidade Brasil, que tem um memorando de entendimento com a Universidade de Miami, é que vai fazer essa ação junto com a Prefeitura de São Paulo”, acrescentou.

“Desde 2014, conversamos sobre esta parceria com a Universidade de Miami e agora será implementado um projeto de terceira idade. Isso vem também de um conceito mundial da Universidade de Miami, de formar médicos com grandes capacitações. Proposta semelhante foi feita em Israel, e agora será realizada em São Paulo, na Zona Leste”, informou o reitor da Universidade Brasil, Fernando Costa.

Atualmente, a Universidade de Miami só tem uma ação fora dos Estados Unidos, que é em Israel. A proposta é que a segunda seja no Brasil, na cidade de São Paulo. O próximo passo será a definição de encontros para a concretização do projeto e atração de pesquisas e investimentos na área de saúde. Não foi informado se já existe um local definido na Mooca, nem quanto tempo pode ser necessário para viabilizar o projeto.

Bruno Covas e o prefeito de Miami, Francis Suarez (Fotos: Luiz Guadagnol/SECOM)
Rolimã Fest domingo na rua Jumana


Após o sucesso de eventos anteriores, acontece neste domingo, dia 18, a quinta edição do Rolimã Fest na Mooca. O evento integra os festejos de aniversário do bairro. A atração ocorre das 9h às 17h na rua Jumana e tem como proposta o resgate da infância e das brincadeiras de rua.

O Rolimã Fest é promovido pela empresa Mulek de Rua, fabricante e especialista nesses carrinhos, com apoio da Subprefeitura Mooca.
Durante o evento são disponibilizados gratuitamente carrinhos para a realização de test-drives e o uso de capacetes é obrigatório. Quem tiver o seu pode levar. No local terão capacetes para alugar.

Mais atrações

Além da diversão de descer a Jumana em rolimãs, outra atração será o Mooca Fest, que ocorrerá das 15 às 21h, na esquina da via com a avenida Paes de Barros. O evento contará com uma feira gastronômica, apresentação de DJs e shows com bandas e cantores de diversos estilos, como Dudu Nobre, Ton Carfi, Sampa Crew, Art Popular, entre outros.

Manhã de problemas na Linha 2-Verde de metrô

Apesar do frio intenso na manhã desta quarta-feira, dia 14, o clima foi quente dentro das estações da Linha 2-Verde de metrô: pela grande concentração de passageiros nas plataformas e pelo nervoso que muitos passageiros enfrentaram tentando ir ao trabalho, estudo ou outros compromissos.

De acordo com a Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, uma falha em dos equipamentos de via na região de Vila Madalena foi a responsável pelo caos registrado na Linha 2. Na região, há relatos de usuários que aguardaram mais de 20 minutos para conseguirem embarcar na estação Tamanduateí. Na estação Vila Prudente também houve demora e acumulo de passageiros na plataforma.

A ocorrência provocou reflexos nas linhas 1-Azul e 15-Prata que tiveram a velocidade dos trens reduzida. O Metrô explicou que trata-se de uma medida de segurança, pois muitos usuários que utilizam essas duas linhas fazem transferência para a Linha 2 e o objetivo foi evitar acúmulo de pessoas nas plataformas. Também por precaução, o número de bloqueios para entrada nas estações da Linha 2 foi reduzido.

O Metrô informou que a equipe de manutenção atuou para sanar a falha na Linha 2 e por volta das 8h, a velocidade habitual dos trens começou a ser gradativamente retomada.