1 Comentário

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 30 de abril de 2016, 00:25

    Olá,
    É lamentável a forma com que o poder público trata algumas questões relacionadas à educação. Trabalhei nesta escola entre 2003/2009 e já nesta época havia problemas de infiltrações entre outros, em vários espaços (salas de aula, informática, sala dos professores, etc). E a fala era sempre a mesma: ‘haveria uma reforma pra sanar de vez com estes problemas’. E agora é interressante observar o tratamento democrático/dialógico com que esta Gestão trata esta questão…pois ano passado (2015) voltei lecionar nesta UE e as infiltrações…adivinhem continuavam. Ou seja, se há muitos anos ouvíamos que a escola deveria passar por uma grande reforma…por que não foi realizada? Por que gastar o nosso dinheiro público de uma forma tão ineficiente? Onde entra o Direito de Aprendizagem dos nossos alunos…Pois certamente eles é que irão arcar com os prejuízos advindos da burocracia a serviço do entravamento do processo de ensino e aprendizagem.