4 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 24 de março de 2016, 16:38

    COMO É 2,5 MIULHOES , PRA FAZER UMA PONTE DESSAS , DEPOIS NOS SABEMOS PQ TEM RADAR PRA TODO LADO , NAO DEVE TER CUSTADO METADO DISSO O PREÇO REAL , O RESTO E PARA O BOLSO MO SR PREFEITO

  • Anônimo 24 de março de 2016, 18:04

    Desde que o pontilhão sob o viaduto Grande São Paulo desmoronou, nós moradores de Vila Prudente, estamos enfrentando dificuldades para acessar a avenida do Estado sentido ABC.

    Antes da queda, o acesso a avenida era bem rápido, agora quem mora na região do Largo da VP, por exemplo, é obrigado atravessar a rua Ibitirama inteira, para chegar a avenida do Estado, além do trecho ser maior, a Ibitirama tem muitos semáforos e em alguns horários o trânsito é intenso.

    Se não for pela Ibitirama, então temos que fazer a volta pelo Ipiranga p/ ir até o Central.

    A Prefeitura tem que acelerar a reconstrução do Pontilhão, que provavelmente caiu, por total falta de manutenção, e como era bem antigo, não aguentou o entulho que os porcos jogavam constantemente em cima dele.

  • Anônimo 29 de março de 2016, 14:07

    2,5 milhões???, Q legal!, então vai ser aquelas pontes móveis, que se abre para a passagem de navios, barcos, Q bom que o rio vai se tornar navegal!, fala serio!

  • Anônimo 1 de abril de 2016, 19:45

    2,5 milhões por uma ponte tão pequena?
    Muito estranho esse valor.
    Creio que deveria ser questionada a real destinação dessa verba.
    Fica a dica de pauta à Folha de Vila Prudente e seus determinados jornalistas.