2 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 20 de novembro de 2015, 09:07

    E o Teatro?, ninguém fala mais nada?, e das áreas verdes????, em épocas de eleição começam a pipocar os “salvadores das Causas Populares”

  • Anônimo 23 de novembro de 2015, 16:45

    E as 240 creches que foram prometidas? Quantas foram feitas? Menos de 40. Neste caso, também não está havendo atraso? Salvo engano meu, as obras do Monotrilho são de responsabilidade do Estado e, neste caso, deveriam ser cobradas pela Assembléia Legislativa e, não, pela Câmara Municipal que, por sinal, não dá conta nem daquilo que é de sua alçada. Poderia a nobre vereadora providenciar ciclofaixas no trecho em que ainda não circula o monotrilho. Com esse tipo de postura da vereadora, percebe-se uma manobra da situação do município com o intuito de desviar o foco da atual e precária administração de nossa cidade.
    O que realmente é para se fazer na cidade, não se faz. Lamentável!