1 Comentário

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 26 de outubro de 2015, 01:19

    A responsabilidade do estado é obvia, mas a obra passa dentro do município e atenderá a todos.

    O que deve-se ser cobrado pelos vereadores é o que falta para terminar, é dinheiro ( obra financiada pelo banco mundial)? é incompetência dos engenheiros (qual a dificuldade de um plano para desviar o córrego mooca) cade o cronograma de quando terminará a obra, o porque o monotrilho não atenderá regiões mais afastadas da periferia