6 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 13 de novembro de 2014, 19:17

    Me parece lavagem de dinheiro.
    Por que fazer uma ciclovia que não vai para lugar nenhum e começa em lugar nenhum.
    O negócio do Prefeito é fazer quilometros e quilometros de ciclovia mesmo em um local que não é necessário.
    Crianças brincam de bola aos finas de semana, pois a rua é bem sossegada então pergunto existe necessidade de gastar o dinheiro publico desta forma???

    Indignado com a falta de planejamento e descaso.

    Obrigado.

  • Anônimo 16 de novembro de 2014, 19:30

    No Estadão de 15/11(e2 Metrópole)o secr.Jilmar Tatto disse que a admin.dialoga c/todos.Quando e onde dialogou c/ os moradores da V.P. sobre as CICLOVIAS ? Moro em um prédio na Secundino Domingues (27 andares). Como será no dia de mudança ? O caminhão terá que parar no meio da rua ,por horas ? Os alunos da escola ,que os pais trazem ,descem no meio da rua? Os caminhões das firmas qdo tiverem que carregar/descarregar ? Gostaria de saber o nome da empresa que ganhou a concorrência (das tintas) deve estar ficando rico…

  • Anônimo 16 de novembro de 2014, 19:55

    Pintar uma faixa de vermelho sem nenhuma estrutura ou estudo de fluxo de ciclistas não me parece muito racional por parte dessa prefeitura, o bairro esta todo pintado de vermelho sem nenhum ciclista qualquer utilizar, não há mais onde estacionar os carros, além de passar em frente de escolas e locais com alto fluxo de taxistas (IPEM), penso que seria melhor essa prefeitura gastar seus recursos de forma mais eficaz

  • Anônimo 16 de novembro de 2014, 20:18

    Boa tarde, venho deixar registrado minha insatisfação e indignação referente a ciclovia na rua Secundino Domingues, uma rua residencial com algumas fábricas e sem estacionamento e o único lugar que temos pra colocar os carros é justamente o local onde estão fazendo a ciclovia, já que a maioria das pessoas tem mais de 1 veículo.
    Uma rua que não se vê passar nenhuma bicicleta, mesmo pq a ciclovia até onde eu sei é pra aliviar o trânsito e aqui não tem trânsito, então peço que seja reconsiderada essa decisão de fazer a ciclovia em uma rua residencial.

  • Anônimo 24 de novembro de 2014, 01:39

    Vejo essa obra da ciclofaixa vindo desde a Av Alberto Ramos e tenho-a como ABSURDA…qual o volume de bicicletas que passam na avenida e na Secundino domingues . Justifica-se pelo monotrilho? E onde se para a bicicleta … Comércios fecharão, negòcios pararão e o que a prefeitura fará ?!? Nada !!!!!!

    • Anônimo 10 de dezembro de 2014, 15:34

      Gente alguém das proximidades, quer se unir para fazermos um baixa assinado?! eu moro na alberto Ramos. a perua escolar do meu filho nao pode parar mais na porta do meu prédio estou indignada com essa falta de planejamento.