2 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 21 de setembro de 2012, 18:36

    acho que a cgm deveria ficar no local 24 horas, hoje passei nessa via e nao vi uma viatura no local do incendio na comunidade, esse sub prefeito de vp/sap, nao esta nem um pouco preocupado com o povo, se ele estivese preocupado ja teria arrumado algum lugar adequada para aquelas familias, acho que aos poucos os moradores estao voltando para suas residencias e ninguem toma providencias, ontem ja tinha alguns bares funcionando no local com luz acessa e as geladeiras ligadas, nao sei porque nosso prefeito ou governador tomem uma providencia urgente, eles ficam enrolando e nao resolve o que fazer daquele espaço que antigamente era uma praça, e que hoje virou um campo abandonado e queimado pelo incendio, so a favor que derrubem tudo aquilo e voltar o que era antes, e moradias para todos que estao desabrigados, estamos de olho, tudo isso e uma vergonha..

  • Anônimo 22 de setembro de 2012, 21:03

    Essa onda sobrenatural de estranhos incêndios em favelas paulistanas está muito bem abordada na reportagem “Fatalidade ou crime?”, publicada na revista Carta Capital http://www.cartacapital.com.br/sociedade/fatalidade-ou-crime-2/#comment-203438