6 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Anônimo 3 de setembro de 2012, 02:05

    “criação de uma praça”?
    Oficialmente o local É uma praça, ou deveria ser.

    Enquanto não houve qualquer movimento da prefeitura pra dar moradia às famílias, remover a favela e devolver a praça à sociedade – ela quase fechou o shopping novo que fica a poucos metros. Parece que é assim que querem a cidade: sem shopping e com favela.

    Por fim, num dia seco de inverno com temperatura máxima bastante elevada, a favela entrou em combustão sozinha e a prefeitura não sabe o que fazer com os escombros, muito menos com as famílias, menos ainda com os usuários da Estação Ipiranga (que ainda têm de passar no meio da bagunça), e muito menos com os que trabalham no shopping ou o frequentam. Que papelão, em?

  • Anônimo 3 de setembro de 2012, 19:25

    essa sub-vp/sub-sap nao esta nem ai com o pessoal atingido pelo incendio na comunidade, tanto e que ja faz duas semanas e ninguem tomou nenhuma providencia, acho que fosse na casa deles ja teriam tomados as devidas providencias, como se trata de gente pobre eles querem que esse povo se exploda, e tem mais eu que uso esse caminho para ir ao trabalho na av pres wilson, tenho que atravessar o viaduto de ponta a ponta, e ninguem nos informa quando vao liberar a area pra gente que precisa pegar o trem, esses politicos da regiao nessa hora somem do pedaço, so aperecem quando esta perto das eleiçoes para pedir voto, vamos dar o troco e nao votar nessa raça de incopetentes, acho que a sub deveria limpar aquela area e arrumar um lugar digno para que as familias ali existente podese ter onde morar, com segurança nao em barracos que moravam, ai vamos tirar os paleto da cadeira e trabalhar um pouco, que isso nao faz mal a ninguem, que volte a praça como era antigamente, e chega de enrolaçao, estamos de olho, tudo isso e uma vergonha.

  • Anônimo 4 de setembro de 2012, 15:33

    Ontem 03/09 mais uma favela incendiou-se, parece que os incêndios é para acabar com as comunidades carentes, a prefeitura não abre dialogo com lideranças como o MDF na região de Vila Prudente/Sapopemba, não há politicas públicas na gestão Kassab, vai continuar a mesma coisa favela pegando fogo e Shopping sendo inaugurado sem alvará de funcionamento. São Paulo esta vendida para as grandes imobiliarias e construtoras, é o famoso Jeitinho Brasileiro.

  • Anônimo 5 de setembro de 2012, 15:10

    Os senhores querem dizer que aquele logradouro vai voltar a ser uma praça, o que jamais deveria deixar de ter sido, não é mesmo?
    Afinal de contas, tanto o invasor quanto aquele que se mata pra pagar um aluguel exorbitante e os impostos escorchantes tem o mesmo na hora do voto. E pra quem precisa, pouco importa de onde ou de quem vem esses votos.

  • Anônimo 7 de setembro de 2012, 21:29

    NÃO sei se voçes sabem,mas essa area vai ser o final da linha 15 do monotrilho que fará conexão com a estação ipiranga da cptm!