7 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 7 de outubro de 2011, 16:47

    cade a cidade limpa seu prefeitro, isso e uma vergonha, tanto lixo e ninguem faz nada pra pegar esses infratores, que sao muitos na regiao, mesmo com uma multa alta eles nao estao nem ai, teria que pegar esse fiscais e ficar de plantao ate a hora que esses infratores despejam grande quantidaes de entulho, acho que deve demorar algumas horas, e ai so esperar e pegar esses pilantras, ou sera que tem algum fiscal levando algum por fora, porque o que nao falta nesse pais e coruptos, teria que colocar nessas areas de vicio como e cahamada, alguns cartazes ou cameras fotograficas e tudo que se possa colocar esses pilantras na cadeia urgente, temos que manter nossa cidade limpa e arborisadas, e nao criar apenas fabricas de multas na nossa cidade. e essa fabrica de multas que sustenta nosso prefeito e os subs tambem, estamos de olho, isso tudo e uma vergonha.

  • Anônimo 10 de outubro de 2011, 09:03

    Simplesmente vergonhoso caro sub-prefeito

  • Anônimo 10 de outubro de 2011, 13:38

    Rá! Rá!
    Cidade limpa aonde? Essa administração municipal é uma piada (e de muito mal gosto, diga-se de passagem).
    É um absurdo!

  • Anônimo 13 de outubro de 2011, 20:11

    Também tem muito entulho na Av. Capitão Mor Pero de Góis, na Vila Primavera. Ali virou depósito de lixo e entulho e não se pode mais andar pela calçada, pois o lixo está adentrando na avenida, o pedestre corre risco de morte. Por favor, prefeitura, faça alguma alguma coisa. Todo dia os caminhões chegam e despejam ali, com a maior cara de pau.

  • Anônimo 13 de outubro de 2011, 21:44

    “O Joio do Trigo”
    O descarte de material nos baixos do viaduto é atitude corriqueira, que deve ser combatida, mesmo com os ecopontos a situação permanece, a questão que deve ser refletida é, além de uma falta de conscientização, quantos ecopontos existem na cidade?, a própria folha já em outros momentos trouxe a situação dos ecopontos que são insuficientes. Outra questão é a política de coleta seletiva e de centros de triagem de materiais recicláveis, que a prefeitura não tem, as cooperativas de catadores além de uma solução para o problema dos materiais recicláveis é solução para a as pessoas que sobrevivem deste trabalho, a cooperativa de materiais que existe nos baixos do viaduto tem toda a documentação necessária devidamente registrada, tem feito a coleta em diversos locais da região, além de trabalho de conscientização em escolas e empresas e na própria favela. E só está ainda nos baixos do viaduto porque a atual administração não teve a capacidade e vontade política de destinar uma área e/ou galpão para enfim os catadores terem um lugar digno para exercer sua atividade de coleta de material reciclado.
    Temos uma política nacional para lidar com a questão dos materiais recicláveis e a prefeitura da cidade que mais produz material não tem uma ação de inclusão para os catadores e de coleta seletiva para a cidade.
    ” Separamos o Joio do Trigo, como separamos o Orgânico do Reciclável”.
    http://www.mdf.org.br
    André D. Silva – MDF (Movimento de Defesa dos Favelados)

  • Anônimo 16 de outubro de 2011, 02:03

    Quem deveria cuidar de nossas vias somos nós mesmos…não devemos culpar as autoridades pela falta de educação de noso povo…

  • Anônimo 17 de outubro de 2011, 01:52

    E depois, gente diferenciada é o pessoal de Higienópolis!!! Diferenciada é essa gente “esperta” que cobra para retirar entulho e acabam jogando em espaço púplico. PM e GCM são incompetentes, mas o problema é que a “justiça” não faria nada com essa raça porca, caso fossem “detidos”. Também tem o tal de Ariel de Castro Alves (dos direitos humanos) que vive defendendo tudo o que não presta neste país! Daí o “povão”, folgado e sem educação, aproveita, deita e rola as custas de quem segue as leis, paga seus impostos e é obrigado a conviver com esta porcaria de situação pela cidade toda. É muito mi, mi, mi e pouca ação contra o que é errado. O poder público parece aquelas avós que fazem de conta que não veem nada e passam a mão na cabeça de tudo o que os “netinhos” fazem de errado!!! Enfim, coisas de Zé povinho!