8 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 29 de abril de 2011, 18:35

    depois que esse tal de kassab começou a tomar conta da cidade de sao paulo, isso aqui virou uma caos a cidade nao anda, o transporte esta uma merda alem disso e o mais caro do mundo, as condiçoes sao precarias onibus com mais de dez anos de uso, cade os onibus novos que ele prometeu pra nos cade, esse cara ai tem acordar as cinco da matina e pegar esses onibus da zona leste pra ver o que bom, estamos de olho as eleiçoes vem vai cuidado seu kassab.

  • Anônimo 29 de abril de 2011, 18:39

    Não é preciso ser especialista no assunto para ver que o problema ja existe desde a época da MARTAXA/PT, e só se agravou com a vinda do metrô, é muito blá,blá, para pouca solução, não adianta ficar reclamando Srs.Nobres politicos, façam acontecer, moro a 31 anos no bairro, e sempre ouço a mesma ladainha…..dá licença…..vai…..ponha em prática todas estas proposta, voces tem o “Dom”, e a caneta e o mandato para isso.

    • Anônimo 3 de maio de 2011, 23:40

      Desculpe carlos, mas a “Martaxa” (ou a administração dela) melhorou em muito o transporte público na sua gestão; talvez você não se lembre, mas antes dela ser eleita, no lugar de passageiros espremidos na porta fechada, viajavam 4 ou 5 passageiros dependurados em cada porta, do lado de fora dos veículos.
      ela colocou veículos estofados, antes dela a grande maioria tinha aqueles bancos horríveis de plásticos, muito desconfortáveis
      ela retirou os out-doors de onibus, dimiuindo a poluição vizual,
      fora isso, grande parte dos onibus estavam sucateados, com vários bancos quebrados, na administração ela conseguiu diminuir a média de 14 anos de idade/veículo, para 7 anos. uma melhora considerável.
      além disso, foi ela que regularizou o transporte alternativo, as lotações; antes clandestinas em peruas velhas, para vans e micro-ônibus, em vez de uma “máfia” controlando as peruas, tinha uma cooperativa.

    • Anônimo 3 de maio de 2011, 23:41

      foi ela tambem que criou o Bilhete único que fez com que o custo pelo transporte diminuisse de 50% a até 75% (quem pagava 2 a 3 tarifas para ir, e o mesmo para oltar sentiu no bolso essa retração na tarifa)
      com o bilhete unico tambem passou a ser desnecessário descer em terminal para pegar a “baldeação” hoje pode-se descer no meio do trajeto, e pegar outra linha, agilizando bastante o itinerário total.
      tambem com o mesmo bilhete, reduziu consideravelmente o número de assalto à ônibus (pois o cobrador não mexe mais com tanto dinheiro); acabou com a falsificação e o comercio ilegal dos VT (o passe era usado como moeda, pessoal usando vale transporte da empresa ou da escola para comprar doce, cigarro, etc.
      diminuiu o problema frequente de falta de troco nos coletivos, agilizou a passagem pela catraca; evitando perda de tempo em se contar moedinhas para pagar a passagem, etc.
      sinto dizer mas na minha opinião, a Marta Suplicy foi a melhor prefeita (o) que São Paulo já teve; e lhe digo mais: a taxinha de R$ 3,50 da luz paga por uma minoria, não chega nem perto à taxa da luz que o alckimin nos faz pagar após da-la de presente à iniciativa privada (de 2006 para 2007, por exemplo, minha conta de luz triplicou, sem haver aumento de consumo); a taxa de lixo, que era outros 3 reais, não chega nem perto à taxa do telefone que temos que pagar graças ao psdb (antes de privatizar, a linha telefonica era um patrimonio pessoal, e a assinatura era de R$ 3,50; hoje pago o equivalente ao valor de uma linha telefonica (durante o plano de expansão) a cada 10 meses de tarifa.

      quem detonou com o tranporte publico foi Pitta e o maluf; daí a Marta melhorou consideravelmente, e reduziu custo para o usuário, daí votaram no serra, que nem é capaz de cumprir a promessa de se manter num cargo sem desistir no meio, e reelegeram o kassab… provavelmente quem fez isso foi a elite, que não usa os serviços publicos, melhorados na gestão marta

  • Anônimo 1 de maio de 2011, 00:09

    IDOSOS, DEFICIENTES FICAM AGUARDANDO UM TEMPO ABSURDO NO PONTO DA AV. ZELINA, Nº 835, AO LADO DA IGREJA SÃO JOSÉ, PELA MANHÃ. OS ÔNIBUS DE DIVERSAS LINHAS TAIS QUAIS BOM RETIRO, 311-C DEMORAM PARA PASSAR E QUANDO CHEGAM, ESTÃO LOTADOS, IMPOSSÍVEL ADENTRAR NO COLETIVO. FORA ISTO, A MAIORIA DOS MOTORISTAS PARAM FORA DO PONTO OU MUITO DISTANTES DAS CALÇADAS. PARABÉNS PELA EXCELENTE MATÉRIA PUBLICADA PELA FÔLHA DE VILA PRUDENTE.

  • Anônimo 4 de maio de 2011, 11:16

    É um absurdo não haverem linhas de ônibus para ir e voltar da nova estação de metrô. Quando chego à noite na estação vila prudente, tenho que andar até o cruzamento com a paes de barros para conseguir pegar um ônibus (que SEMPRE está lotado), para conseguir ir para a Vl. Alpina. Se não fosse suficiente a calçada da estação está interditada, fazendo com que tenhamos que andar ainda mais a pé, num escuro total, correndo risco de assaltos e violência.

  • Anônimo 8 de maio de 2011, 04:41

    Não adianta reclamar.Os politicos hoje tomaram posse de tudo,naõ estão nem aí com o povo,e não adianta a imprensa falada e escrita chiar que eles sabem que na proxima eleição um partido se associa a outro e dão continuidade no poder.CHUPA POVO IDIOTA.

    • Anônimo 17 de maio de 2011, 20:36

      olha osvaldo, no caso do metro, a administração é do governo do estado, o paulista vem votando exatamente nos mesmos candidatos há 24 anos; ou seja, a maioria não quer mudança; o alckimin já ficou 16 anos seguidos, e ficará mais 4.

      sobre a imprensa, a globo é tucanista, suas noticias favorecem ao psdb; a abril (que publica a revista veja, uma das mais lidas) recebe “propina” em forma de assinaturas milhonárias do governo do psdb; então não adianta recorrer à esses meios citados para reclamar, vão abafar o caso.