17 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 18 de abril de 2011, 13:01

    Infelizmente, mais um problema na nova estação de metrô. Fiquei um ano ansiosa pela abertura, achando que teria uma melhoria significativa para me descolcar de casa para o trabalho, porém, ñ foi bem isso. Moro na Vila Ema e continuo a pegar o fretado (Que o Prefeito proíbiu de circular no centro expandido)pra chegar no metrô, pois os ônibus não oferecem condições, sem falar que quando embarcamos na VP o trem já vem cheio da estação Tamanduateí. É uma pena que tenhamos que colocar nossos veículos nas ruas e contribuir para a poluíção.

    • Anônimo 18 de abril de 2011, 22:51

      Sandra
      Questionei o Metrô sobre o assunto e a resposta foi das mais inesperadas: “não apoiamos as viagens inversas mas não podemos interferir no direito de ir e vir, já que o passageiro pagou a passagem”
      Perae! Pra que há 2 plataformas?
      Vamos processar o Metrô então, já que no Jabaquara por exemplo somos obrigados a desembarcar de um lado e dar a volta se quisermos voltar.
      Aliás, sobre o piso, a resposta foi parecida com a da reportagem.

      • Anônimo 25 de abril de 2011, 13:39

        Caros,
        Se a situação agora já está assim, imaginem como ficará a Est. Vila Prudente quando for integrada à nova linha que está em fase de construção.
        Aí eu vou querer ver como é que vai ficar esse tal direito de “ir e vir” proseado pelo Metrô.
        Quanto ao piso: aquilo parece mais um playground do que uma rampa de acesso, muito bom para os adeptos à patinação.

  • Anônimo 18 de abril de 2011, 13:04

    O que sempre digo: esse pessoal do Metrô não pensa, não estuda as situações. Fazem e o povo que se dane. Vide as operações agora na linha verde, totalmente inúteis, que aumentam o tempo de viagem com paradas, lotam os trens e torram a paciência do usuário. Depois colocam a culpa na superlotação.

  • Anônimo 18 de abril de 2011, 15:15

    seria mais convincente se o metro falasse que estava apoiando o esporte de patinação em via publica XD

  • Anônimo 19 de abril de 2011, 10:07

    Volto a repetir,quando vai liberar o horario normal das 4.40hs a 0.30hs 😥

    • Anônimo 20 de abril de 2011, 15:09

      como já informado por aqui, em julho está previsto o funcionamento normal da estação

  • Anônimo 19 de abril de 2011, 13:06

    Demorou para o Metrô se mancar quanto à questão do piso da Est. Vila Prudente. Todos falam da rampa de acesso da Anhaia Melo , mas o trecho mais perigoso é no outro lado, nas escadas.
    Poucos dias depois da inauguração, num dia em que caia uma fina garoa, quase tomei o chamado “capote” no final da escada de acesso da Rua Cavour. Só não caí pra valer porque consegui me equilibrar naqueles pisos táteis azuis para deficientes visuais.
    Outra coisa: não sou engenheiro, nem arquiteto, mas aquele piso está mesmo de acordo com as normas da ABNT e pode ser utilizado em passeio público, a céu aberto?
    Só espero que as providências sejam tomadas antes que algo mais sério venha ocorrer.

    • Anônimo 25 de abril de 2011, 13:05

      [quote name=”Sergio Andrade”]Demorou para o Metrô se mancar quanto à questão do piso da Est. Vila Prudente. Todos falam da rampa de acesso da Anhaia Melo , mas o trecho mais perigoso é no outro lado, nas escadas.
      Poucos dias depois da inauguração, num dia em que caia uma fina garoa, quase tomei o chamado “capote” no final da escada de acesso da Rua Cavour. Só não caí pra valer porque consegui me equilibrar naqueles pisos táteis azuis para deficientes visuais.
      Outra coisa: não sou engenheiro, nem arquiteto, mas aquele piso está mesmo de acordo com as normas da ABNT e pode ser utilizado em passeio público, a céu aberto?
      Só espero que as providências sejam tomadas antes que algo mais sério venha ocorrer.[/quote]

      Pois é, se vc cair na rampa só vai ter uma dor incômoda e talvez alguns hematomas no traseiro…

      Se cair da escada precisará de ajuda Divina pra não ocorrer algo mais grave….

  • Anônimo 20 de abril de 2011, 19:54

    Boa tarde no começo apos a inauguração o metro funcionava a pleno vapor, mas como era de se esperar, a procura pelo transporte é muito grande, o tempo de parada entre as estações já é maior, gastava no minumo 15 minutos ate estação Ana Rosa agora gasto 25 minutos. Espero que o metro tome alguma providencia e quanto as pessoas que embarcam na estação Tamanduatei e voltam em sentido Madalena parabens vcs são muito espertos, entendo o quanto estão cansados rsrsrsrsrsrsrs 😆

  • Anônimo 20 de abril de 2011, 21:13

    😮 Pois bem Serg io, você quase levou um “capote”, mas minha irmã coitada foi ao chão e quase bateu a cabeça, também não sou engenheira mas custo a acreditar que tal piso está correto. Vamos ficar de olho no metrô, pois ele saiu muito caro (sem falar na demora) para simplesmente eles nos apresentarem qualquer coisa.

  • Anônimo 25 de abril de 2011, 12:48

    eu sou deficiente fisica, uso muletas, e reclamei muitas vezes sobre este piso…já escorreguei varias vezes
    pq não colocaram o mesmo piso q tem na rampa da estação Tamanduatei???
    nem tudo é beleza….

  • Anônimo 26 de abril de 2011, 18:05

    Eu havia comentado sobre isso, logo quando saiu a notícia de que abriram a estãção na operação assistida. Eu quase caí, num dia de chuva, fiquei imaginando idosos, ou pessoas com dificuldade de locomoção, andando naquele piso de patinação no gelo… Enviei mensagem para o metrô, que deu a mesma resposta que foi publicada aqui… Acho que eles possuem mensagens de resposta automática para as reclamações…

  • Anônimo 28 de abril de 2011, 21:38

    E o problema das escadas de acesso a rua cavour em estacoes de ricos existem escadas rolantes e pagam o mesmo preco do acesso a estacao na VL prudente o povao que se dane principalmente os idosos e deficientes e alei nao obriga a tal da acessibilidade cade o poder publico MP

  • Anônimo 5 de maio de 2011, 21:34

    è verdade ,desde o início ,minha filha Deborah usuária da estação havia comentado que alguém ia se arrebentar na rampa ,pois a mesma é muito escorregadia

  • Anônimo 6 de maio de 2011, 01:29

    Falta responsabilidade ………. foi mais barato com certeza…. manda a mãe deles pegar o metro vl. prudente no dia de chuva kkkkkkkk …..

  • Anônimo 6 de maio de 2011, 10:12

    Saiu no jornal “Estadão” de ontem (05/05/11), que agora eles (MetrÔ), vão trocar o piso, vamos esperar para ver????