20 Comentários

Deixe um comentário

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.
  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 12:19

    Esta situação vem comprovar , o uso eleitoral desta inauguração , o importante e titar a foto e fazer passeio pelo governador e demais autoridades , mas infelizmente a população nao usa o metro para passeio.

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 13:15

    Bom, assim como a Folha, eu também enviei alguns e-mails ao Metrô questionando quando finalmente as novas estações serão “inauguradas”.
    Sacomã possui os mesmos recursos tecnológicos que VPT e TTI, porém há uma demora (sem justificativas concretas) para isso.
    Creio que todos que moram na região deveriam se mobilizar e enviar e-mails ao Metrô COBRANDO o horário comercial destas estações.
    Não custa nada e vale a pena tentar! 😉

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 13:30

    e assim continuamos a pagar o “pato”, esperando e esperando, sem ações mais proativas……

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 14:16

    Fui funcionário do Metrô por três anos e hoje sou apenas mais um usuário do sistema. Na 4º feira passada (20/10), em contato com ex-colegas daquela companhia, fiquei sabendo que os comentários que circulam dentro da empresa dão conta que, devido a alguns problemas técnicos que estão ocorrendo nos testes, a Operação Assistida, cujo final estava programado para ocorrer em outubro, foi reavaliado, ficando a liberação das estações em período integral apenas para dezembro, caso não ocorra maiores imprevistos.
    Fui informado, também, que no meio da semana passada, ocorreu um problema na Est Tamanduateí, que deixou a Linha Verde paralisada por 13 minutos, o que é grave. Se este tipo de ocorrência acontecesse no horário de pico, poderia ocorrer uma série de problemas, como superlotação de plataformas e até princípios de tumulto.
    Ademais, só nos resta, como reles e vis criaturas mortais, aguardar e torcer para que todos os problemas sejam superados na maior brevidade de tempo possível.

    • Anônimo 22 de outubro de 2010, 15:40

      [quote name=”Sergio R Andrade”]Fui funcionário do Metrô por três anos e hoje sou apenas mais um usuário do sistema. Na 4º feira passada (20/10), em contato com ex-colegas daquela companhia, fiquei sabendo que os comentários que circulam dentro da empresa dão conta que, devido a alguns problemas técnicos que estão ocorrendo nos testes, a Operação Assistida, cujo final estava programado para ocorrer em outubro, foi reavaliado, ficando a liberação das estações em período integral apenas para dezembro, caso não ocorra maiores imprevistos.
      Fui informado, também, que no meio da semana passada, ocorreu um problema na Est Tamanduateí, que deixou a Linha Verde paralisada por 13 minutos, o que é grave. Se este tipo de ocorrência acontecesse no horário de pico, poderia ocorrer uma série de problemas, como superlotação de plataformas e até princípios de tumulto.
      Ademais, só nos resta, como reles e vis criaturas mortais, aguardar e torcer para que todos os problemas sejam superados na maior brevidade de tempo possível.[/quote]

      Sérgio, agradecemos sua participação e suas informações. Redação

    • Anônimo 24 de outubro de 2010, 14:42

      Também tenho amigos que trabalham no Metrô, e eles me falaram que há um novo sistema de sinalização neste trecho da linha verde, um tal de ‘CBTC’, que continua em testes por apresentar problemas. Este sistema, dizem, vai ser implantado em todas as linhas de metrô, para diminuir o que chamam de ‘headway’, que é o intervalo entres as composições. Dizem até que o Metrô poderia multar a empresa contratada por tantos problemas apresentados. É uma questão estritamente técnica…

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 15:12

    O Metrô precisa colocar pessoal qualificado e competente para gerir todas as linhas e parar com tantas desculpas descabidas. Em pleno século XXI, com tanta automatização, eletrônica e tantas outras coisas eletrônicas, esse pessoal vem alegar que precisa ainda de testes!!!???. A capital está super atrasada em quantidade de linhas de Metrô e quando a gente sugere alguma alteração, pois nós andamos de Metrô e não ficamos somente em gabinetes imaginando coisas para agradar o chefe, dizem que não podem por isso ou aquilo. Vamos trabalhar por São Paulo, Srs. burocratas e governantes.

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 16:03

    Grande palhaçada, e quem paga somos nós os imbecis que vamos votar pra eleger estes politicos que somente prejudicam nossa vida.

    • Anônimo 26 de outubro de 2010, 11:54

      “marcelo”]Grande palhaçada, e quem paga somos nós os imbecis que vamos votar pra eleger estes politicos que somente prejudicam nossa vida.[/quote]

      é por isso que eu voto “em branco”…

  • Anônimo 22 de outubro de 2010, 19:06

    Ninguém conhece alguma Associação de Moradores do Bairro??? Deveríamos organizar uma manifestação pacífica em frente a Estação Vila Prudente…! Sem confusão, sem violência… apenas para reivindicar os direitos dos cidadãos!!! A entrega deveria ter sido em março..! Passaram-se quase 8 meses e até agora nada!!!!

  • Anônimo 23 de outubro de 2010, 10:27

    o interessante é que “coincidentalmente” o horário de funcionamento foi expandido faltando 4 dias para as eleições. não duvido nem um pouco que ele passe a funcionar nos horários de picos no dia 29/10.

    sobre mais metrôs acho dificil, o da vila prudente até vai, pois a linha verde não tem muita demanda; mas a linha azul está super-lotada, já não consegue atender a demanda de passageiros, mesmo tendo um intervalo curto entre os trens (cerca de 3 a 4 minutos).

  • Anônimo 23 de outubro de 2010, 11:38

    Somente como lembrança nossa estação deveria estar pronta e funcionando em 1994, conforme promessa do ex-governdor Luiz Antonio FLEURY, mas como sabemos nada disso aconteceu.
    Agora, o MÍNIMO que o metro poderia fazer é ampliar um pouco mais o horário de funcionamento da operação asssitida, já que a esmagadora maioria das pessoas que trabalham, entram as 8h00 (as vezes antes) e saem as 17h00 ou 18h00, ficando impossibilitadas de usar o Metro, se a operaçãp se iniciasse as 7h00 e fosse até as 18h00 ou 19h00 já ajudaria MUITO, é como morar de frente pro mar e não poder ir a praia…Espero realmente que o metro avalie e acate a sugestão.

  • Anônimo 25 de outubro de 2010, 12:30

    Tenho certeza de que só irão liberar após as eleições… Imagina se liberam antes, e começa a dar problema… Está mais do que óbvio, e a população fica à espera, e sem nenhuma posição concreta da companhia do Metrô…

  • Anônimo 24 de outubro de 2010, 12:36

    “…o Metrô respondeu que a operação comercial neste trecho só vai começar quando o funcionamento for integral.”

    Pela resposta do Metrô a cobrança de tarifa já na Estação Vila Prudente, que é justamente o que facilitaria a vida do usuário, não precisa de testes.

    Oras, se não precisa de testes, porque não facilitar a nossa vida então???

  • Anônimo 25 de outubro de 2010, 13:40

    Pessoal,
    Não tenho muito conhecimento sobre legislação, mas quando falamos em projetos, sempre há as fases: desenvolvimento, testes e entrada em produção. Para cada uma dessas fases, há uma data associada, mesmo que ocorra algum atraso. O que está ocorrendo é que o Metro tem um calendário de testes e uma data estimativa de conclusão, data esta que deveria ser divulgada para todas as pessoas que são as maiores interessadas nessa conclusão. Dessa forma, vou escrever um e-mail para o Metro solicitando a divulgação desta data. Porém, para esse e-mail ter o efeito desejado preciso colocar o maior numero de pessoas em cópia.

  • Anônimo 25 de outubro de 2010, 17:57

    É tudo jogo politico…fazem isso pq não são eles que precisam do transporte público…queria ver se tb não ficariam revoltados com a situação…agora entendo e tem logica pq a população depreda ônibos, trens…

  • Anônimo 26 de outubro de 2010, 02:41

    Na verdade em primeiro lugar a nossa primeira reação é o sentimento de revolta com uma situação de descaso dessas, porem confesso que me sinto muito TRISTE COM A ATUAL QUESTÃO QUE ESTA OCORRENDO, esperamos decadas para poder utilizar este meio de transporte e agora somente temos o direito de ficar admirando a estação sem poder utilizar da maneira que realmente necessitamos??
    TRISTEZA HEIN !!!!!

  • Anônimo 27 de outubro de 2010, 15:38

    Meu maior medo é que se o PSDB não ganhar, vai demorar mais tempo ainda para inaugurar, pois não terão que impressionar mais ninguém….e a população pagando por isso!!! Esse é o sistema!!! Teríamos que ter umas 1000 cópias do capitão Nascimento por aí para tentar resolver!

  • Anônimo 28 de outubro de 2010, 17:05

    È uma coisa de louko sendo que ja esta tudo certo q porcaria de protocólo é esse?
    É um absurdo ter que desembarcar no sacomã e seguir viajem e outra se tivesse algo errado eu não acredito que o metrô iria colocar em risco tantas vidas que estão ja vem ultilizando o metrô.

  • Anônimo 11 de janeiro de 2011, 18:05

    Boa tarde Prezados,
    Acho uma falta de respeito com os usários, isto o que está acontecendo nas estações Tamanduatei e Sacomã, dependemos de uma van neste percuso.
    O que está na cara de todo mundo, que enquanto não terminar o terminal de Onibus ao lado da estação Vila Prudente, o Metro não estara disponível em tempo integral.