Manhã de problemas na Linha 2-Verde de metrô

Apesar do frio intenso na manhã desta quarta-feira, dia 14, o clima foi quente dentro das estações da Linha 2-Verde de metrô: pela grande concentração de passageiros nas plataformas e pelo nervoso que muitos passageiros enfrentaram tentando ir ao trabalho, estudo ou outros compromissos.

De acordo com a Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô, uma falha em dos equipamentos de via na região de Vila Madalena foi a responsável pelo caos registrado na Linha 2. Na região, há relatos de usuários que aguardaram mais de 20 minutos para conseguirem embarcar na estação Tamanduateí. Na estação Vila Prudente também houve demora e acumulo de passageiros na plataforma.

A ocorrência provocou reflexos nas linhas 1-Azul e 15-Prata que tiveram a velocidade dos trens reduzida. O Metrô explicou que trata-se de uma medida de segurança, pois muitos usuários que utilizam essas duas linhas fazem transferência para a Linha 2 e o objetivo foi evitar acúmulo de pessoas nas plataformas. Também por precaução, o número de bloqueios para entrada nas estações da Linha 2 foi reduzido.

O Metrô informou que a equipe de manutenção atuou para sanar a falha na Linha 2 e por volta das 8h, a velocidade habitual dos trens começou a ser gradativamente retomada.

 

 

Cinema: Mooca volta ao tempo dos Drive-ins


Nos próximos dias 23, 24 e 25, a Mooca recebe o Cine Autorama – projeto de cinema ao livre que retoma o modelo dos charmosos Drive-ins das décadas de 40 e 50, onde as pessoas assistiam o filme dentro do carro. A atração é gratuita e integra o calendário de festejos dos 463 anos do bairro. Serão seis sessões, duas por dia, no espaço da feira confinada, na rua dos Trilhos, 859.

O projeto apresenta o circuito #AcreditaNelas com filmes protagonizados ou com mulheres em papéis de destaque. No dia 23 os filmes exibidos serão “Fala Sério – Mãe” às 19h15 e “La La Land Cantando Estações” às 22h10. No dia 24 é a vez de “Mad Max – Estrada da Fúria” às 19h e “Pantera Negra” às 22h. A programação termina dia 25 com “Minha Mãe é uma Peça 2” às 18h15 e “Caça Fantasma” às 21h. Para ouvir o filme, será necessário sintonizar o áudio no rádio do próprio carro, a transmissão é via FM.

O ingresso, válido para um carro sem limite de pessoas no interior, deve ser adquirido no site: http://cineautorama.com.br.

A realização é da Brazucah Produções, Programa Municipal de Apoio a Projetos Culturais e a Secretaria Municipal de Cultura.

Inscrições até sexta-feira para a Corrida Juventus


Como parte das comemorações dos 463 anos da Mooca, a 14ª edição da Corrida Juventus Viva a Mooca está marcada para o próximo dia 25. A prova, com largada às 7h na rua Comendador Roberto Ugolini, 20, será realizada com duas distâncias: 5 km e 10 Km. Também haverá caminhada de 5 km.

As inscrições podem ser feitas até a próxima sexta-feira, dia 16, ou até quando for atingido o número máximo de inscritos, pelo site http://cronosports.com.br/evento/juventus/. Para este ano, a estimativa é alcançar 3 mil participantes. O valor da taxa é R$ 80. Para pessoas acima de 60 anos e portadores de necessidades especiais pagam R$ 40.

Os cinco primeiros colocados, masculino e feminino, receberão troféus. Todos os participantes que completarem ganham medalhas. A prova conta com o apoio da Subprefeitura Mooca, da Secretaria Municipal de Esportes e da Federação Paulista de Atletismo.

Cantos de Coxia e Ribalta até domingo no Arthur Azevedo


O espetáculo “Cantos de Coxia e Ribalta” encerra a curta temporada no Teatro Municipal Arthur Azevedo. As últimas sessões acontecem hoje e amanhã às 19h e domingo às 17h.

Criado por Alef Baros e Gustavo Dittrichi, o musical é 100% autoral e brasileiro. Sob os sussurros da coxia e as luzes de ribalta, um grupo de atores se reúne para contar uma história. Entre as chegadas e partidas dos trilhos de uma estação de trem, o público é apresentado a uma trupe em crise financeira, que corre o risco de ter seu teatro tomado por conta da especulação imobiliária. Um poeta é encarregado de criar uma grande obra teatral para trazer de volta os tempos áureos.

O valor do ingresso é R$ 30 (inteiro) e R$ 15 (meia entrada). Pode ser adquirido uma hora antes do espetáculo na bilheteria ou antecipadamente pelo site:www.cantosdecoxiaeribalta.com.br.

Teatro Arthur Azevedo: avenida Paes de Barros, 955, Mooca – telefone: 2605-8007.

SUB-MO recebe oficinas gratuitas de qualificação empreendedora

A Ade Sampa – Agência São Paulo de Desenvolvimento, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), realiza entre os próximos dias 12 e 16 oficinas de orientação e qualificação gratuitas para empreendedores. As atividades, que serão realizadas na Subprefeitura da Mooca, têm o objetivo de ajudar os empreendedores a alavancarem os seus negócios.

“O empreendedorismo está cada vez mais em alta. As pessoas estão encontrando novas formas de gerar renda, além da carteira assinada. No entanto, o que muitos não sabem é que para empreender com sucesso não basta apenas uma boa ideia. É preciso se preparar buscando a qualificação profissional que dará embasamento para tirar uma ideia do papel e colocá-la em prática”, destaca a secretária de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, Aline Cardoso.

Os cursos foram divididos em cinco temas, um para cada dia da semana: Começar Bem – Formalização, dia 12; Fluxo de Caixa, dia 13; Ganhe Mercado, dia 14; Equipe Motivada, dia 15; e Pitch, dia 16. As oficinas acontecem das 9h às 13h.

Para se inscrever é necessário preencher o formulário no link http://bit.ly/oficinasadesampa. A Subprefeitura da Mooca fica na rua Taquari, 549.

Saiba mais os temas abordados:

Começar bem – Formalização
Muitas pessoas querem começar um negócio, mas não sabem como. Durante a oficina, os participantes aprenderão como formalizar sua empresa, quais são os direitos e as obrigações do seu negócio.

Fluxo de caixa
O fluxo de caixa é um instrumento de controle financeiro que permite acompanhar as movimentações financeiras de uma empresa, por meio de uma relação das entradas, receitas e despesas realizadas em determinados período. Os participantes receberão dicas sobre o funcionamento do fluxo de caixa, como controlar movimentações financeiras e tomar decisões com mais segurança.

Ganhe mercado
O público-alvo é o nicho dos consumidores que se identificam com a marca e que são possíveis clientes dos seus produtos ou serviços. Nesta oficina, os participantes aprenderão o caminho para ganhar o mercado conhecendo melhor o seu público-alvo e assim oferecer produtos e serviços para atender seu cliente e ampliar seu negócio.

Equipe motivada
Para um negócio ter bom funcionamento é preciso que os funcionários tenham comprometimento e cooperem mutuamente. Para isso, é preciso ter uma equipe sempre motivada. Neste encontro, os participantes aprenderão a motivar a sua equipe.

Pitch
O ‘pitch’ é a apresentação da sua empresa. Aprimorar o pitch, portanto, é essencial para que o empreendedor saiba vender a sua ideia de negócio. A atividade ensinará maneiras inovadoras de apresentar um projeto e atrair parceiros para o seu negócio com uma curta apresentação.

Prefeitura inicia reforma das piscinas do Friedenreich

Depois de permanecerem quatro verões interditadas e em situação de abandono, as piscinas do Clube Escola Vila Alpina, mais conhecido na região como CEE Arthur Friedenreich, finalmente estão sendo reformadas pela Prefeitura. O complexo aquático foi anexado às obras de construção do Centro Educacional Unificado (CEU) Vila Prudente, que seguem em ritmo intenso e, segundo a administração municipal, têm previsão de conclusão para dezembro deste ano.

Na quinta-feira, dia 8, a reportagem da Folha teve acesso, com exclusividade, ao interior da construção e constatou as intervenções nas piscinas. Segundo um dos engenheiros do consórcio que realiza a obra, cerca de 25 operários trabalham na recuperação do complexo aquático, o qual tem previsão de ser entregue também em dezembro.

Segundo a Prefeitura, os serviços nas piscinas contemplam a troca de piso e de todo sistema hidráulico. Foi ressaltado que, além dos equipamentos externos, o CEU Vila Prudente contará também com uma nova piscina coberta que está sendo construída em um dos pavimentos do prédio. A administração municipal esclareceu que os equipamentos estarão em funcionamento após a inauguração do Centro Educacional.

Histórico

O CEU Vila Prudente começou a ser construído nas dependências do Arthur Friedenreich em dezembro de 2015, na gestão de Fernando Haddad (PT). A promessa é que seria entregue no final de 2016. Também houve o compromisso de revitalizar o clube, mas passados quatro anos, as piscinas continuam interditadas e um campo de futebol foi destruído. Haddad chegou ao fim do mandato sem atingir metade da construção do CEU. A administração de João Dória (PSDB) não tocou a obra e alegou que a paralisação ocorreu porque o governo anterior não deixou recursos financeiros para a execução.

Em outubro do ano passado o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) anunciou que a administração municipal conseguiu R$ 456 milhões para retomar as obras de 12 CEUs que estavam paradas na cidade, entre elas a de Vila Prudente.

Leitor da Folha concorre a brinde no jogo do Juventus

Acompanhar uma partida do Juventus no charmoso e histórico estádio Conde Rodolfo Crespi na rua Javari, na Mooca, é uma ótima opção para curtir o Dia dos Pais neste domingo, dia 11. As antigas arquibancadas, o placar atualizado manualmente e o velho alambrado próximo ao gramado se tornaram um símbolo de resistência às arenas que se espalharam pelo país. O Moleque Travesso enfrenta o Taubaté a partir das 10h.

Os ingressos podem ser adquiridos antecipadamente na secretaria da sede social do Juventus, na rua Comendador Roberto Ugolini, 20, das 9 às 19h. O valor das cadeiras cobertas é R$ 50 e R$ 25 meia entrada; a arquibancada descoberta custa R$ 20 e meia entrada R$ 10.

Com a vitória no último domingo, dia 4, diante do Desportivo Brasil, por 1 a 0, o time da Mooca conquistou de forma antecipada a classificação para a segunda fase da Copa Paulista. A equipe grená está liderança do Grupo 3 com 18 pontos. Em sete jogos, obteve seis vitórias e uma derrota.

Promoção
Em comemoração ao Dia dos Pais, o torcedor que entregar o cupom abaixo devidamente preenchido na entrada do estádio concorre a um brinde oficial do clube.

Cartórios abertos sábado para coleta biométrica

 


Neste sábado, dia 10, a Justiça Eleitoral paulista realiza mais um plantão da biometria. O horário de atendimento será das 8h às 13h em todos os cartórios e postos eleitorais no Estado. O eleitor deve fazer agendamento pela internet para maior conforto no atendimento.

A expectativa do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) é de novamente receber grande público. Este será o quinto plantão do ano, ocorrendo sempre uma vez por mês aos sábados para facilitar o atendimento de quem não tem disponibilidade de horário durante os demais dias da semana.

Nas últimas edições os números de comparecimento de eleitores tem aumentado significativamente: foram 44.281 atendimentos em 13 de julho; 40.038 em 15 de junho, índice aproximadamente 40% superior aos plantões de 11 de maio (29.264) e 13 de abril (29.540).

Atualmente a coleta biométrica é obrigatória em 478 cidades e, em um futuro próximo, será estendida para a capital paulista e para os outros municípios. Na cidade de São Paulo os cartórios estão ressaltando que é importante se adiantar para evitar filas quando houver obrigatoriedade para o cadastro digital.

Atendimento

agendamento on-line de horário é recomendável e pode ser feito pelo site: http://www.tre-sp.jus.br.
Para fazer a biometria, é necessário levar documento oficial de identificação original, comprovante de residência dos últimos três meses e o título, caso tenha.
Em caso de dúvidas, o Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) atende pelo telefone: 148.

Cartórios na região
O cartório da 4ª Zona Eleitoral Mooca fica na rua Madre de Deus, 427 – telefone: 2606-9791. Funcionamento de segunda a sexta-feira das 12h às 18h.
A 257ª Zona Eleitoral Vila Prudente tem cartório na avenida Paes de Barros, 3227 – telefone: 3130-2718. Funcionamento de segunda a sexta-feira das 12h às 18h.

 

Prefeitura prevê para dezembro término do CEU VP

As obras do Centro Educacional Unificado (CEU) Vila Prudente, que foram retomadas em outubro do ano passado após permanecerem paradas por mais de um ano, seguem em ritmo intenso. Questionada pela Folha, a Prefeitura informou nesta semana que 62% dos serviços já foram executados e a previsão de conclusão foi encurtada. O novo prazo divulgado foi dezembro deste ano.

Há cerca de dois meses a administração municipal esclareceu que 50 funcionários trabalhavam na construção, a qual estava recebendo os serviços de instalações elétricas e hidráulicas, além da montagem de estrutura metálica (coberturas e escadas). Na época foi informado que, vencida aquela etapa seriam realizados serviços de acabamento e revestimento e a previsão de conclusão era junho de 2020.

Nesta semana a Prefeitura esclareceu que quadriplicou o número de operários na obra – atualmente são 198 funcionários – e a construção já está na fase dos acabamentos, restando ainda a conclusão do sistema de drenagem na área externa, o calçamento, o paisagismo e a finalização das piscinas. Foi ressaltado que a atual previsão de conclusão dos trabalhos é dezembro deste ano.

Histórico

O CEU Vila Prudente começou a ser construído nas dependências do Clube Escola Vila Alpina em dezembro de 2015, na gestão de Fernando Haddad (PT), e a promessa é que seria entregue no final de 2016. Também houve o compromisso de revitalizar o clube que continua até agora com as piscinas interditadas e um campo de futebol destruído.   O ex-prefeito chegou ao fim do mandato deixando mais da metade da construção para o governo seguinte. A administração de João Dória (PSDB) não tocou a obra e alegou que a paralisação ocorreu porque o governo anterior não deixou recursos para a execução.

Em outubro do ano passado o atual prefeito Bruno Covas (PSDB), sucessor de João Dória na Prefeitura, anunciou que a administração municipal conseguiu R$ 456 milhões para retomar as obras de 12 CEUs que estavam paradas na cidade, entre elas a do CEU Vila Prudente. Na ocasião o prefeito conversou com exclusividade com a Folha e criticou o projeto. “Os 12 CEUs iniciados foram um erro no ponto de vista administrativo. Focaram no ensino fundamental, onde não temos fila na cidade. Deveriam ter priorizado a construção de creches e não de CEUs. No entanto, a pior obra é aquela que está parada. Não poderíamos enterrar o que já foi gasto na construção dessas 12 unidades. A decisão foi errada no passado, mas muito pior seria se deixássemos pela metade”, afirmou o prefeito na época. (Gerson Rodrigues)

Histórica passarela removida em 2016 ainda não foi recuperada

Com grande valor histórico, cultural e de mobilidade, a passarela que existia sobre os trilhos ligando a rua Visconde de Parnaíba, na Mooca, ao bairro do Brás, foi desativada em março de 2016. Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), o equipamento seria restaurado e colocado em uso novamente. No entanto, a passagem de ferro inglês importada no final do século 19 foi removida, ainda não foi recuperada e nem reimplantada no local. Outro problema é a situação do acesso à passarela, também desativado, que está abandonado, repleto de lixo e servindo de abrigo para moradores em situação de rua.

Há um ano, questionada pela reportagem, a CPTM informou que a antiga passagem não possuía acessibilidade e nem condições de segurança aos usuários e, por isso, foi desativada. Foi ressaltado na época que no local seria implantada uma nova passarela com os itens de acessibilidade, como rampa, piso tátil, entre outros. A Companhia acrescentou na ocasião que aguardava aprovação prévia do projeto de requalificação da travessia pelos órgãos de preservação de patrimônio histórico e cultural, e, após aprovação, o projeto deveria ser concluído em seis meses e, posteriormente, seria contratada a obra. Sobre a antiga e histórica passagem metálica, foi esclarecido que estavam sendo discutidos os procedimentos para a realização do restauro por empresa especializada.

A CPTM informou que o projeto para a implantação de uma nova passarela no local está em elaboração e depois de pronto terá que ser aprovado pelos órgãos de preservação. Foi ressaltado que, somente depois desta etapa, é que a obra poderá ser contratada e o valor do investimento será definido após a conclusão do projeto. A CPTM esclareceu ainda que a passarela antiga foi removida e a intenção é realoca-la nas dependências do Museu da Imigração, próximo ao local original, após a contratação de um projeto de restauro e recuperação estrutural.

A Subprefeitura Mooca informou que realizará serviços de limpeza no entorno e acesso da passarela até o final desta semana. (Gerson Rodrigues)

Acesso à passarela está abandonado e repleto de lixo