Ismael Ivo: da Vila Ema para o mundo da dança


Um dos principais nomes da dança contemporânea no Brasil e no mundo. Assim foi lembrado Ismael Ivo, após o anúncio do seu falecimento no último dia 8, aos 66 anos, mais uma vítima da Covid-19.

O famoso bailarino, coreógrafo, cenógrafo, figurinista, ator e autor esteve à frente de grandes companhias e eventos internacionais. Entre muitos cargos, foi diretor e curador da Bienal de Veneza e o primeiro estrangeiro a dirigir o Teatro Nacional Alemão. A grandeza de Ivo foi tamanha que um solo seu foi resenhado no jornal The New York Times, em 1984.

Um orgulho para a região. De origem humilde, nasceu na Vila Ema e estudou em escola pública do bairro. Fica registrada a coincidência de ter nascido num bairro fundado por imigrantes alemães e anos depois, dirigir o Teatro Nacional Alemão.

O bailarino sempre ressaltou que a mãe foi a grande incentivadora. O interesse pela dança começou ainda na adolescência e avançou na carreira através de bolsas de estudos em escolas de dança. Foi em 1983, durante uma apresentação solo, que recebeu o convite para deixar o país.

Teve carreira brilhante no exterior.  Após três décadas na Europa, retornou ao Brasil em 2017 e assumiu a direção do Balé da Cidade de São Paulo. Também ocupou a vice-presidência do Conselho de Cultura do Governo do Estado de São Paulo e foi curador do Programa de Qualificação em Artes-Dança.

Como forma de homenagem, o Governo do Estado anunciou que irá implantar a SP Escola de Dança Ismael Ivo, projeto que recebia atenção do artista desde o ano passado.

 

Covid-19: datas da vacina para grupo acima de 60

A ampliação da campanha de vacinação contra a Covid-19 vai alcançar integralmente todos os idosos do Estadão de São Paulo. Nesta semana, o governador João Doria (PSDB) anunciou o cronograma para pessoas na faixa etária de 60 a 64 anos.

O novo grupo totaliza 2,24 milhões de pessoas. São 840 mil com 63 e 64 anos, que poderão receber a primeira dose a partir do dia 29 de abril. O grupo de 60, 61 e 62 anos soma 1,4 milhão de pessoas e está liberado para ser imunizado a partir de 6 de maio.

Até o fechamento desta edição, estava previsto o início da vacinação na próxima quarta-feira, dia 21, para pessoas com 65 e 66 anos.

Os grupos etários anunciados devem ficar atentos para possíveis antecipações do dia de início da vacinação, conforme ocorreu em etapas anteriores. Na capital paulista, assim que as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são abastecidas com novas doses, a Prefeitura inicia a imunização.

Pré-cadastro

As secretarias de Saúde do Estado e do Município reforçam o pedido que os públicos da campanha devem se dirigir para a imunização com o pré-cadastro preenchido no site Vacina Já (vacinaja.sp.gov.br ). O registro do formulário leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação, facilitando o trabalho dos profissionais e evitando aglomerações.

 

Prefeitura instala câmaras refrigeradas no crematório

O Serviço Funerário do Município confirmou que o crematório municipal Dr. Jayme Augusto Lopes, na Vila Alpina, recebeu duas câmaras refrigeradas para armazenar corpos desde a sexta-feira passada, dia 9. De acordo com o órgão, com o reforço dos novos equipamentos, a demanda permanece atendida cumprindo os prazos, de 48 horas para a realização da cremação e até 14 dias para a entrega das cinzas aos familiares.

No início deste mês, a Folha publicou matéria sobre a fumaça preta que saía várias vezes ao dia, inclusive à noite, da chaminé do crematório. Em março, a média diária de cremações foi de 42, no entanto, chegou a atingir a capacidade máxima de 48. Entre janeiro e fevereiro deste ano, a média de cremações diárias foi de 27, decorrentes de qualquer causa de morte, segundo o Serviço Funerário.

O órgão ressalta que o crematório possui filtros de controle para emissão de poluentes por tratamento térmico. Informou ainda que os quatros fornos permanecem funcionando normalmente 24 horas e, durante a pandemia, as cerimônias de velório na unidade estão suspensas independentemente do motivo da morte.

Cemitério

Desde março, quatro cemitérios municipais passaram a realizar sepultamentos noturnos. O cemitério São Pedro, na Vila Alpina, foi um dos que teve o horário de funcionamento estendido até as 22h. Antes da pandemia, realizava em média oito enterros diários. A média agora é de 14 sepultamentos.

O Serviço Funerário ressaltou que nenhuma necrópole municipal está próxima do esgotamento.

Drive-thrus fecham temporariamente a partir desta quarta

A Prefeitura informa que a partir de amanhã, dia 14, os postos de drive-thru da cidade que realizam a vacinação contra a Covid-19 serão fechados temporariamente. Os espaços serão reabertos quando as vacinas para próxima faixa-etária estiverem disponíveis.

A Secretaria Municipal de Saúde ressaltou que de ontem, dia 12, para esta terça-feira, dia 13, houve queda de 50% da procura por vacinas nos postos de drive-thru.

Com o encerramento temporário dos drive-thrus, as equipes de vacinação são remanejadas para as unidades de vacinação do município.

A imunização de idosos com mais de 67 anos, de profissionais da Educação com mais de 47 anos e da Saúde, acima de 50 anos, continua normalmente nas 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade. O mesmo vale para quem precisa receber a segunda dose.

No site Vacinasampa também é possível acessar a relação de todas as UBSs que contam com a vacinação no sistema drive-thru.

Rodízio de veículos segue em horário noturno


Devido à manutenção do toque de recolher determinado pelo Governo do Estado, o rodízio municipal para veículos de passeio continua vigorando de segunda a sexta-feira, das 20h às 5h do dia seguinte, de acordo com o final da placa. A medida foi adotada desde 22 de março.

Também segue suspenso o funcionamento do rodízio para carros em seu horário tradicional: das 7h às 10h e das 17h às 20h.

No entanto, para os caminhões continuam valendo as regras do rodízio municipal tradicional, das 7h às 10h e das 17h às 20h, de acordo com o final da placa.

Ficam mantidos também o funcionamento da Zona Azul e o horário das demais restrições existentes na cidade: Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição aos Fretados (ZMRF).

Infração

Transitar em locais e horários não permitidos pela regulamentação prevista no Código de Trânsito Brasileiro implica em infração de trânsito de nível médio, resultando em multa no valor de R$ 130,16 e acréscimo de quatro pontos no prontuário do motorista.

Vacinação contra a Covid-19 para 67 anos é antecipada


Começa na próxima segunda-feira, dia 12, a vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 67 anos – dois dias antes da data prevista. De acordo com o Governo do Estado, a antecipação foi possível graças à chegada de mais remessas do Butantan e da Fiocruz.

A estimativa é que 350 mil pessoas compõem a faixa-etária no estado paulista e poderão procurar os postos para receber a primeira dose.

Por enquanto, está mantido o dia 21 de abril para o início da vacinação dos grupos etários de 65 e 66 anos, que somam mais 760 mil pessoas em São Paulo.

Pré-cadastro 

As secretarias de Saúde reforçam que os públicos da campanha devem se dirigir para a imunização com o pré-cadastro preenchido no site Vacina Já. O registro do formulário leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação, facilitando o trabalho dos profissionais e evitando aglomerações.

Nesta semana, também teve início o pré-cadastro via WhatsApp. Basta adicionar o número: 55 11 95220-2923 à lista de contatos, enviar um “oi” e aguardar as instruções.

Começa a campanha de vacinação contra a gripe

Paralela à vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura inicia na segunda-feira, dia 12, a Campanha de Vacinação contra a Influenza (vírus da gripe). Neste ano, o primeiro grupo que será imunizado é composto por crianças, de 6 meses a menores de 6 anos de idade, além de gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde.

A Secretaria Municipal de Saúde ressalta que a vacina contra a Covid-19 deve ser priorizada nesse momento de pandemia e para que não haja conflito, a imunização das pessoas acima de 60 anos será na segunda fase, prevista para começar em 11 de maio.

Para não sobrecarregar os postos de saúde, a Prefeitura definiu que a vacina contra a Influenza será aplicada exclusivamente em escolas municipais e estaduais e outros estabelecimentos de educação.

A campanha será realizada em três etapas, com previsão de encerramento em 9 de julho. A Secretaria ressalta que a imunização contra a gripe é importante para reduzir complicações decorrentes das infecções pelo vírus influenza, facilitar o diagnóstico diferencial entre Covid-19 e evitar internações, sobrecarregando ainda mais o sistema de saúde.

A vacina aplicada pelo município será a trivalente de fragmento de vírus inativado, que não causa doença, abrangendo a H1N1, a H3N2 e a linhagem B/Victoria.

Atenção

Pessoas com Covid-19 em curso ou há menos de 28 dias não devem receber a dose contra a Influenza. Quem foi vacinado contra a Covid-19 deve aguardar intervalo de 14 dias.

Interdição viária para construção da estação Orfanato


A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informou que a partir deste sábado, dia 10, a rua Cananéia, na Vila Prudente, sofrerá interdição parcial entre a rua Doutor Sanareli e até 50 metros antes da avenida Vila Ema. 

A interferência no viário acontece para obras de prolongamento da Linha 2-Verde do metrô e tem duração prevista de 36 meses. No local será construída a estação Orfanato.

A interdição na rua rua Cananéia será na faixa da esquerda. A CET ressaltou que a partir do cruzamento da rua do Orfanato com a rua Dr. Sanareli será permitido apenas o trânsito local de veículos até a rua Cananéia.

Mais alterações

As avenidas Vereador Abel Ferreira e Montemagno, na Vila Invernada, também terão trechos interditados a partir de sábado, para obras da Linha 2. A previsão de duração dos trabalhos é de 36 meses. Nas imediações será erguida a estação Anália Franco.

Os bloqueios acontecem nos seguintes pontos: avenida Vereador Abel Ferreira, sentido centro, entre a avenida Montemagno e a rua Engenheiro Cestari; avenida Montemagno, entre as ruas Jorge Bittar e Engenheiro Cestari; rua Santiago Rodrigues, entre as avenidas Montemagno e vereador Abel Ferreira; rua Jorge Bittar, próximo ao número 72, será permitido o tráfego local; e rua Ápio Cláudio, entre avenida Montemagno e o desvio construído no local.

A medida vai afetar o trajeto de algumas linhas de ônibus que passam no local: 524L/10 Parque São Lucas – Metrô Tatuapé, 3746/10 Jardim Imperador – Metrô Belém, 3746/31 Jardim Imperador – Metrô Belém e 3053/10 Jardim Itápolis – Metrô Belém.

Secretário e presidente do Metrô visitam canteiros da Linha 2


Nesta semana, o secretário de Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, e o presidente do Metrô, Silvani Pereira, vistoriaram os trabalhos de prolongamento da Linha 2-Verde. Eles estiveram na obra do poço de ventilação e saída de emergência na rua Falchi Gianini, na Vila Prudente, e no canteiro da futura estação Anália Franco.

De acordo com o presidente, já foi iniciada a concretagem do poço Falchi Gianini, que terá diâmetro de 32,8 metros e aproximadamente 50 metros de profundidade. “Desempenhará papel fundamental na operação do novo trecho da Linha 2, pois contará com seis vagas para estacionamento de trens, que irão permitir a otimização das estratégias operacionais nos horários de pico”, explicou.

No canteiro do Anália Franco ocorre a descida da primeira gaiola (armação da parede) para poder dar início também para escavação. A futura estação terá dois acessos: um pela avenida Vereador Abel Ferreira e outro pela avenida Regente Feijó.  A previsão é atender 13 mil pessoas por dia.

Extensão Linha 2

O prolongamento da Linha 2 ligará a Vila Prudente à Penha. Serão 8,3 quilômetros de trilhos e oito novas estações. A última previsão informada pelo Metrô é que as obras civis no percurso até a estação Vila Formosa sejam concluídas em 2025.

Futuramente, o Governo pretende ampliar a Linha 2 até o município de Guarulhos, com mais 5,9 km de trilhos e cinco estações no trecho Penha-Dutra.

Covid-19: definidas as próximas idades para imunização


O Governo do Estado anunciou a ampliação da campanha de imunização contra a Covid-19 para as faixas-etárias de 65 a 67 anos, que serão divididas em duas turmas: na próxima quarta-feira, dia 14, é a vez de quem tem 67 anos e uma semana depois, no dia 21, podem se vacinar os idosos de 65 e 66 anos. Os grupos etários totalizam 1,11 milhão de pessoas em todo o estado paulista.

As pessoas das faixas-etárias anunciadas devem ficar atentas para possíveis antecipações do dia de início da vacinação, conforme ocorreu em etapas anteriores. Na capital paulista, assim que as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) são abastecidas com novas doses, a Prefeitura inicia a imunização.

Outra recomendação importante é tomar cuidado com as falsas listas do cronograma de vacinação que circulam pelas redes sociais, incluindo todas as idades até 18 anos.

Pré-cadastro via WhatsApp

As secretarias de Saúde reforçam que os públicos da campanha devem se dirigir para a imunização com o pré-cadastro preenchido no site Vacina Já (vacinaja.sp.gov.br ). O registro do formulário leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação, facilitando o trabalho dos profissionais e evitando aglomerações.Nesta semana, também teve início o pré-cadastro via WhatsApp. Basta adicionar o número: 55 11 95220-2923 à lista de contatos, enviar um “oi” e aguardar as instruções.