Hábitos que devem ser mantidos durante a flexibilização da quarentena

Nesta semana começou a flexibilização da quarentena em São Paulo. A retomada será gradual, foi dividida em cinco fases e todas elas necessitarão de cuidados especiais. Segundo o infectologista do São Cristóvão Saúde, Dr. Jorge Paez, alguns cuidados devem continuar mesmo após o fim da pandemia.

“Mesmo com a flexibilização devemos manter o isolamento social até que os números de casos novos e óbitos mostrem um declínio sustentado, o que atualmente ainda não está acontecendo. Se for necessário sair de casa, não saia sem máscara e lembre-se de trocá-la a cada duas horas ou antes se umedecer. É importante ressaltar que sempre que for tirar a máscara deve-se manusear pelos elásticos. Outra medida que devemos levar para a vida é a higiene das mãos e a etiqueta respiratória, fundamental para evitar a contaminação ao contato com superfícies, assim como levar as mãos na boca, nariz ou olhos.”, disse o infectologista.

Outra medida básica que muitos podem não se atentar é manter a carteira de vacinação atualizada e tomar as doses das vacinas necessárias da data correta, se protegendo de possíveis doenças. “Alguns hábitos que adquirimos ou reforçamos durante a pandemia devem ser mantidos para toda a vida, como manter ambientes limpos e arejados, higienizar corretamente os alimentos antes de prepará-los, lavar as mãos com mais frequência e da maneira correta, evitar sair de casa caso esteja com sintomas respiratórios para não contaminar outras pessoas, entre outros”, finaliza o infectologista Dr. Jorge Paez.

Quando a pandemia acabar e a vida enfim voltar ao normal, hábitos como higienizar embalagens de produtos que compramos no mercado ou delivery e o uso contínuo de máscara poderão ficar no passado.

 

Clube do Choro faz apresentações online

Para quem está com saudade das tradicionais rodas do Clube do Choro de São Paulo no saguão do Teatro Arthur Azevedo, a alternativa é seguir a página do teatro no Facebook (@teatroarthurazevedosp) onde acontecem apresentações online aos finais de semana.

Nesta sábado, dia 13, a transmissão da roda ao vivo está marcada para às 17h e reúne os músicos Marina Siqueira, Sergio Honorio e Camila Silva. Além de muita música, acontece bate-papo com histórias do Clube do Choro.

Mais atrações

Na página do teatro também acontecem lives frequentes com diversos artistas, além da chamada da programação online de outros centos culturais da cidade.

Desde que foi decretado o isolamento social em São Paulo, a Secretaria Municipal de Cultura passou a promover atividades através das redes sociais. Nesta semana, foi atingida a marca de 300 mil visualizações nas lives, com mais de 600 artistas envolvido.

Sesc apresenta lives infantis todos os sábados ao meio-dia


A programação especial
Crianças #EmCasaComSesc, voltada a pais e filhos, acontece sempre aos sábados, às 12h, com transmissão ao vivo pelo canal do YouTube e pela página do Instagram do Sesc São Paulo. Neste sábado, dia 13, a série apresenta o grupo Tiquequê.

Junto ao público em casa, a dupla formada por Wen e Diana Tatit resgata seus melhores sucessos, intercalados por brincadeiras e conversas para entreter toda a família.

Com 19 anos de trajetória e cinco espetáculos infantis no currículo, o grupo Tiquequê adaptou seu espetáculo para o formato online e ao vivo. No repertório, eles relembram seus maiores sucessos, como “Barulhinho, barulhão”, “Bota ovo” e “Se eu fosse”, além das composições mais recentes, como “Todo dia” e “Festa na floresta”.

A programação é pensada para o público familiar em tempos de isolamento social por causa do novo coronavírus e funciona como uma alternativa enquanto as unidades do Sesc-SP seguem fechadas.

Onde assistir:

youtube.com/sescsp

instagram.com/sescaovivo