Etecs e Fatecs abrem inscrições para processos seletivos

O Centro Paula Souza informou o calendário dos processos seletivos das Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) estaduais para o primeiro semestre de 2021. Assim como ocorreu na última edição do Vestibulinho e do Vestibular, o ingresso se dará novamente pela análise do histórico escolar do candidato, sem a realização de prova presencial ou online por causa da pandemia de Covid-19.

As inscrições para os dois processos seletivos estão abertas e são realizadas somente pelos canais oficiais: vestibulinhoetec.com.br e vestibularfatec.com.br. Os interessados devem ler atentamente os Manuais do Candidato que estão disponíveis nos sites, antes de fazer a inscrição.

A inscrição para o Vestibulinho das Etecs será até 14 de dezembro. E para o processo seletivo das Fatecs até 15 de dezembro.

Câmara discute orçamentos das subprefeituras para 2021
Subprefeitura Vila Prudente pode ter redução de orçamento


A indicação do Executivo para a Proposta de Lei Orçamentária 2021, que estima as receitas e fixa as despesas da cidade para o próximo ano, prevê R$ 23,3 milhões para a Subprefeitura Vila Prudente (SUB-VP), que abrange os distritos de São Lucas e Vila Prudente.
Esse valor equivale a 2,19% da verba total que será destinada às 32 subprefeituras da cidade.

O valor proposto é inferior aos R$ 29 milhões de 2020, que já havia sofrido redução de 14% em relação a 2019, quando o orçamento foi de R$ 34 milhões.

A previsão orçamentária abrange conservação de bens públicos, segurança, zeladoria, promoção cultural entre outras ações da SUB-VP, como a requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos com o montante de R$ 4,4 milhões; manutenção e operação no serviço de guias e sarjetas, que tem recursos previstos de R$ 2,5 milhões; e manutenção de sistemas de drenagem que, pelo projeto, deverá receber para a execução R$ 3 milhões.

Subprefeitura Mooca

A Subprefeitura Mooca (SUB-MO), que inclui os distritos de Água Rasa, Belém, Brás, Mooca, Pari e Tatuapé, terá orçamento de R$ 35,6 milhões em 2021, segundo a Proposta de Lei Orçamentária Anual 2021 do Executivo. No ano passado, a SUB-MO teve R$ 43,8 milhões e em 2019, 41,5 milhões.

Entre as principais destinações de recursos previstos na peça orçamentária para a SUB-MO está o valor de R$ 5,1 milhões para requalificação e promoção da ocupação dos espaços públicos.

A verba prevista para a manutenção e operação no serviço de guias e sarjetas será de R$ 2,8 milhões, enquanto o investimento na operação tapa-buraco será de R$ 1,6 milhão. O orçamento destinado à SUB-MO para manutenção e operação de áreas verdes e vegetação arbórea será de R$ 4,8 milhões.

A discussão do orçamento para 2021 está em curso na Câmara Municipal. Na semana passada aconteceu a primeira audiência pública da Comissão de Finanças e Orçamento. O munícipe pode participar encaminhando sugestões através do site http://www.saopaulo.sp.leg.br/orcamento2021/ ou do e-mail: orcamentosp2021@gmail.com.

Votos de Covas e Boulos na região


Com 100% da apuração das urnas totalizada, o atual prefeito Bruno Covas (PSDB) obteve 32,85% das indicações dos paulistanos no primeiro turno da eleição à Prefeitura, realizado ontem. Foram 1.754.013 votos para o candidato tucano. Seu oponente no segundo turno será Guilherme Boulos (PSOL), que arrancou na reta final e atingiu 20,24% das indicações, equivalentes a 1.080.736 votos. A decisão está marcada para o próximo dia 29.

Márcio França (PSB) ficou na terceira colocação geral com 13,64% dos votos válidos, Celso Russomanno (Republicanos) aparece em quarto com 10,50%, seguido por Arthur do Val (Patriotas) com 9,78%. Jilmar Tatto (PT) atingiu 8,65%. Os demais candidatos ficaram abaixo de 2%.

Covas venceu em todas as 58 zonas eleitorais de São Paulo. Boulos aparece como o segundo mais votado em 56 delas – perdendo apenas em Parelheiros e Grajaú para Tatto, de quem já recebeu apoio para o segundo turno.

Urnas da região

Na 4ª Zona Eleitoral – Mooca, Covas atingiu 36,73% das indicações nas urnas, totalizando 34.482 votos. Boulos chegou ao fim da apuração com 18,94%, que representam 17.777 votos.
Os mais votados na sequência foram França e Arthur do Val com 13,95% e 13,74%, respectivamente. Russomanno ficou na quinta colocação com 9,26%.

Na 257ª Zona Eleitoral – Vila Prudente, Covas somou 36,58% dos votos e Boulos 18,51%. Em números totais são 37.841 indicações nas urnas para o representante do PSDB e 19.149 para o candidato do PSOL.
A exemplo da zona eleitoral da Mooca, Russomanno terminou em quinto, com 9,67%. França teve 13,30% e do Val 12,86%.

Na 350ª Zona Eleitoral – Sapopemba Covas manteve a liderança com 32,21% (25.109 votos), contra 18,39% (14.331 votos) de Boulos.
Seguindo a tendência do resultado final da cidade, os outros três candidatos com mais indicações nas urnas foram França, Russomanno e do Val, com 14,85%, 11,86% e 10,70%, respectivamente.

Composição da Câmara a partir de 2021

Eleitores definiram os 55 vereadores que vão compor a  Câmara Municipal de São Paulo a partir de 1° de janeiro de  2021. O resultado final, com 100% das urnas apuradas, foi divulgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no final da manhã da segunda-feira, dia 16.

A Câmara Municipal estará 38% diferente da formação atual. Dos 55 vereadores que formam o Legislativo Paulistano, 34 foram reeleitos e 21 começam um novo mandato.

Veja a lista dos eleitos (em negrito os candidatos com representatividade na região):

  1. Eduardo Suplicy (PT) – 167.522 votos
  2. Milton Leite (DEM) – 132.716 votos
  3. Delegado Palumbo (MDB) – 118.395 votos
  4. Felipe Becari (PSD) – 98.717 votos
  5. Fernando Holiday (Patriota) – 67.715 votos
  6. Erika Hilton (PSOL) – 50.508 votos
  7. Silvia da Bancada Feminista (PSOL) – 46.267 votos
  8. Roberto Tripoli (PV) – 46.219 votos
  9. Thammy Miranda (PL) – 43.321 votos
  10. André Santos (Republicanos) – 41.584 votos
  11. Rute Costa (PSDB) – 41.546 votos
  12. Eduardo Tuma (PSDB) – 40.270 votos
  13. Sansão Pereira (Republicanos) – 39.709 votos
  14. Luana Alves (PSOL) – 37.550 votos
  15. Atilio Francisco (Republicanos) – 35.345 votos
  16. João Jorge (PSDB) – 34.323 votos
  17.  Faria de Sá (PP) – 34.213 votos
  18. Carlos Bezerra Jr. (PSDB) – 34.144 votos
  19. Rubinho Nunes (Patriota) – 33.038 votos
  20. Eli Corrêa (DEM) – 32.482 votos
  21. Donato (PT) – 31.920 votos
  22. Rodrigo Goulart (PSD) – 31.472 votos
  23. Alessandro Guedes (PT) – 31.124 votos
  24. Janaina Lima (NOVO) – 30.931 votos
  25. Adilson Amadeu (DEM) – 30.549 votos
  26. Tripoli (PSDB) – 30.495 votos
  27. Jair Tatto (PT) – 29.918 votos
  28. Celso Giannazi (PSOL) – 28.535 votos
  29. Dra Sandra Tadeu (DEM) – 28.464 votos
  30. Juliana Cardoso (PT) – 28.402 votos
  31. Toninho Vespoli (PSOL) – 26.748 votos
  32. Marlon do Uber (Patriota) – 25.643 votos
  33. George Hato (MDB) – 25.599 votos
  34. Aurélio Nomura (PSDB) – 25.316 votos
  35. Senival Moura (PT) – 25.311 votos
  36. Alfredinho (PT) – 25.159 votos
  37. Arselino Tatto (PT) – 25.021 votos
  38. Fabio Riva (PSDB) – 24.739 votos
  39. Isac Félix (PL) – 23.929 votos
  40. Camilo Cristofaro (PSB) – 23.431 votos
  41. Ricardo Teixeira (DEM) – 23.280 votos
  42. Edir Sales (PSD) – 23.106 votos
  43. Ely Teruel (Podemos) – 23.084 votos
  44. Marcelo Messias (MDB)- 23.006 votos
  45. Elaine do Quilombo Periférico (PSOL) – 22.742 votos
  46. Gilberto Nascimento Jr. (PSC) – 22.659 votos
  47. Eliseu Gabriel (PSB) – 21.122 votos
  48. Dr. Milton Ferreira (Podemos) – 20.126 votos
  49. Sandra Santaba (PSDB) -19.591 votos
  50. Danilo do Posto de Saúde (Podemos) – 19.024 votos
  51. Cris Monteiro (Novo) -18.085 votos
  52. Sonaira Fernandes (Republicanos) – 17.881 votos
  53. Paulo Frange (PTB) -17.796 votos
  54. Missionário José Olímpio (DEM) – 17.098 votos
  55. Rinaldi Digilio (PSL) – 13.673 votos

Leia também:
Câmara Municipal terá renovação de 38% dos vereadores

Câmara Municipal terá renovação de 38% dos vereadores


A composição da Câmara Municipal a partir de 1º de janeiro de 2021 estará 38% diferente da atual. Dos 55 vereadores que formam o Legislativo Paulistano, 34 foram reeleitos e 21 começam um novo mandato.

Os partidos com maior bancada serão PT e PSDB, com oito vereadores cada. DEM e PSOL terão seis cadeiras cada um. O Republicanos terá quatro lugares. Com três integrantes cada, estão os seguintes partidos: MDB, PSD, Patriota e Podemos. Já PL, NOVO e PSB conseguiram duas cadeiras cada um. PV, PP, PSC, PTB e PSL conquistaram uma vaga por partido.

A bancada feminina cresceu e passará a ser de 23% do total de vereadores, com 13 mulheres. A mulher mais votada é Erika Hilton (PSOL), sexta colocada na colocação geral, com 50.508 votos. Completam a bancada feminina as vereadoras Juliana Cardoso (PT), Rute Costa (PSDB), Dra. Sandra Tadeu (DEM), Edir Sales (PSD) e Janaína Lima (NOVO), e as estreantes Silvia da Bancada Feminista (PSOL), Luana Alves (PSOL), Elaine do Quilombo Periférico (PSOL), Sandra Santana (PSDB), Sonaira Fernandes (Republicanos), Ely Teruel (Podemos) e Cris Monteiro (NOVO).

Confira a composição da Câmara Municipal para 2021-2024 separado em bancadas partidárias:

PT

Eduardo Suplicy 167.552 – votos
Antonio Donato – 31.920 votos
Alessandro Guedes – 31.124 votos
Jair Tatto – 29.918 votos
Juliana Cardoso – 28.402 votos
Senival Moura – 25.311 votos
Alfredinho – 25.159 votos
Arselino Tatto – 25.021 votos

PSDB

Rute Costa – 41.546 votos
Eduardo Tuma – 40.270 votos
João Jorge – 34.323 votos
Carlos Bezerra Jr. – 34.144 votos
Tripoli – 30.495 votos
Aurélio Nomura – 25.316 votos
Fábio Riva – 24.739 votos
Sandra Santana – 19.591 votos

DEM

Milton Leite 132.716 votos
Eli Corrêa – 32.482
Adilson Amadeu – 30.549 votos
Dra. Sandra Tadeu – 28.464 votos
Ricardo Teixeira – 23.280 votos
Missionário José Olímpio – 17.098 votos

PSOL

Erika Hilton – 50.508 votos
Silvia da Bancada Feminista – 46.267
Luana Alves – 37.550 votos
Celso Giannazi – 28.535 votos
Toninho Vespoli – 26.748 votos
Elaine do Quilombo Periférico – 22.742 votos

REPUBLICANOS

André Santos – 41.584 votos
Sansão Pereira – 39.709 votos
Atílio Francisco – 35.545 votos
Sonaira Fernandes – 17.881 votos

MDB

Delegado Palumbo – 118.395 votos
George Hato – 25.599 votos
Marcelo Messias – 23.006 votos

PSD

Felipe Becari – 98.717 votos
Rodrigo Goulart – 31.472 votos
Edir Sales – 23.106 votos

PATRIOTA

Fernando Holiday – 67.715 votos
Rubinho Nunes – 33.038 votos
Marlon do Uber – 25.643 votos

PODEMOS

Ely Teruel – 23.084 votos
Dr. Milton Ferreira – 20.126 votos
Danilo do Posto de Saúde – 19.024 votos

PL

Thammy Miranda – 43.321 votos
Isac Félix – 23.929 votos

NOVO

Janaína Lima – 30.931 votos
Cris Monteiro – 18.085

PSB

Camilo Cristófaro – 23.431 votos
Eliseu Gabriel – 21.122 votos

PV

Roberto Tripoli – 46.219 votos

PP

Faria de Sá – 34.213 votos

PSC

Gilberto Nascimento – 22.659 votos

PTB

Paulo Frange – 17.796 votos

PSL

Rinaldi Digilio – 13.673 votos

Juventus sofre derrota na Copa Paulista


Após dois empates nas rodadas iniciais da Copa Paulista, o Juventus sofreu a primeira derrota na tarde do sábado, dia 14, diante da Portuguesa Santista, no Estádio Conde Rodolfo Crespi, na Mooca. A partida terminou com o placar de 2 a 0 para a equipe visitante.

A partir desta semana, começam os jogos de volta com os mesmos times do Grupo 4, no qual está o Juventus: nesta quarta-feira, dia 18, o Moleque Travesso volta a enfrentar a Portuguesa Santista. No domingo, dia 22, é a vez da Ponte Preta e dia 25, encara o São Bernardo. Todos os confrontos estão marcados para às 15h.

Conforme as regras da competição, os três melhores times de cada grupo, mais o quarto melhor colocado geral, estarão classificados para a disputa das oitavas de final.

Foto: Ale Vianna / C.A. Juventus

 

Urnas liberadas a partir das 7h neste domingo


Neste ano, a votação nas eleições municipais será das 7h às 17h.
 Por causa da pandemia de Covid-19, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu aumentar em uma hora o período de funcionamento das urnas. Nas eleições anteriores, o horário começava às 8h.

Entre 7h e 10h haverá atendimento preferencial para pessoas acima de 60 anos, que integram grupos de risco para o novo coronavírus. No entanto, após muita confusão entre os eleitores, o TSE soltou nota reforçando que o horário não é exclusivo para o público da Terceira Idade.

O TSE ressaltou que as medidas visam garantir maior tempo para os eleitores votarem com segurança, além de tentar reduzir as possibilidades de aglomeração. O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) informou que no estado paulista há 33.565.293 eleitores aptos a participar do pleito.

Protocolos sanitários

Eleitores e mesários precisarão respeitar normas de segurança definidas pelo TSE para proteção da saúde, diante da pandemia de Covid-19. O TSE ressalta que as regras são simples e deverão ser observadas obrigatoriamente:

– Todos deverão usar máscaras de proteção facial e não será permitida a entrada ou permanência no local de votação sem o equipamento de segurança.

– Os eleitores deverão usar álcool em gel, que será disponibilizado na seção eleitoral, para higienizar as mãos antes e depois de utilizar a urna eletrônica.

– É recomendado que o eleitor leve sua própria caneta para assinar o caderno de votação.

– O comprovante de votação não será fornecido de maneira espontânea. O eleitor que quiser, deverá requerê-lo ao mesário antes de se dirigir à cabine de votação.

Haverá distanciamento mínimo de um metro entre eleitores e mesários, sem contato físico. O documento de identidade deverá ser mostrado ao mesário à distância.

– Não deverão comparecer aos locais de votação os eleitores e mesários que apresentarem febre no dia do pleito ou que forem diagnosticados com Covid-19 nos 14 dias antecedentes, devendo apresentar justificativa em até 60 dias ao seu cartório eleitoral.

CEU Vila Prudente ganha nome de professora negra

Às vésperas de mais uma comemoração da Consciência Negra, a Lei número 17.503, publicada no Diário Oficial do município na última quarta-feira, dia 11, adiciona nomes de personalidades negras na denominação dos 12 novos Centros Educacionais Unificados (CEUs) da cidade.

De acordo com a Prefeitura, o ato tem o objetivo de homenagear pessoas negras de relevância nacional que prestaram importantes serviços em suas áreas de atuação, além de servir como inspiração dos estudantes e demais frequentadores dos equipamentos.

O CEU Vila Prudente (que a Prefeitura se refere como Vila Alpina) recebeu o nome de Professora Virgínia Leone Bicudo.

Quem foi?

Psicanalista e socióloga, Virgínia Leone Bicudo foi a primeira pesquisadora e professora negra a ocupar um lugar de destaque na divulgação e construção da psicanálise no Brasil. Ainda hoje é a principal referência em estudos raciais.
Nascida em São Paulo, em 1910, era filha de uma imigrante italiana branca e de um brasileiro negro. Neta de uma escrava alforriada, foi vítima de racismo durante a infância e a juventude. Essa experiência com o preconceito, a motivou a iniciar na academia brasileira o debate sobre racismo. Foi também a primeira psicanalista não-médica do Brasil e estudiosos a consideram a primeira mulher a fazer análise no país.

Em 1945, conquistou uma cadeira de professora assistente na Universidade de São Paulo (USP). Em 1954, foi contratada pelo Departamento de Psicologia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da USP.

Autora de livros como “Nosso mundo mental”, a socióloga também foi fundadora do Instituto de Psicanálise da Universidade de Brasília, onde começou a dar aulas em 1970. Morreu em 2003, aos 92 anos.

 

Mostra na estação Tamanduateí aborda o meio ambiente


Até o fim de novembro, dentro do projeto Arte na CPTM, a Estação Tamanduateí da Linha 10-Turquesa recebe exposição montada para o Festival de Fotografia de Paranapiacaba (FFP) com a temática de Meio Ambiente. As peças são exibidas gratuitamente no saguão de entrada.

O tradicional Festival discute este ano os aspectos sociais das ameaças ao meio ambiente, o risco iminente de um colapso global e os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. Também costuma trazer questões como educação, direitos humanos usando a fotografia como ferramenta da alfabetização visual para se aproximar de outros assuntos relevantes para a sociedade.

Todo o trabalho envolvido para execução do projeto conta com a ação de voluntários amantes da fotografia e de convidados que compartilham suas experiências e conhecimento.

Saiba mais sobre o FFP: www.ffparanapiacaba.com.br.

Foto: Pedro Biava, uma das imagens selecionadas para o FFP 2020.

Juventus soma mais um empate na Copa Paulista


Depois de empatar em 1 a 1 com o São Bernardo na rodada de estreia da Copa Paulista, o Juventus repetiu o resultado na partida da última quarta-feira, dia 11, diante da Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

O Moleque Travesso abriu o marcador aos 37 minutos da primeira etapa. Em cruzamento rasteiro de Wesley, o goleiro adversário afastou a bola, que sobrou para Wilson chutar forte e anotar o gol grená.

Na segunda metade, o time da casa pressionou a equipe da Mooca em busca do empate. Aos 17 minutos, na arrancada do atacante da Ponte Preta e falha defensiva do Juventus, João Veras igualou o marcador em Campinas. Apesar das tentativas de ambas as equipes, não houve alteração no placar até o apito final.

O Juventus volta a campo neste sábado, dia 14, para enfrentar a Portuguesa Santista, às 15h, no Estádio Conde Rodolfo Crespi, na Mooca. Por causa da pandemia, o jogo acontece com os portões fechados.

Próximos jogos

A partir da semana que vem, começam as partidas de volta com os mesmos times do grupo no qual está o Juventus: dia 18 Portuguesa Santista, dia 22 Ponte Preta e dia 25 São Bernardo. Todos os confrontos estão marcados para às 15h.

Conforme as regras da competição, os três melhores times de cada grupo, mais o quarto melhor colocado geral, estarão classificados para a disputa das oitavas de final.