2 Comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Raphael 31 de março de 2017, 09:50

    Cheguei a usar o bicicletário da estação Oratório do monotrilho algumas vezes, até que um dia, ao voltar do trabalho, encontrei a corrente que usava para prender minha bicicleta cortada. Só não levaram minha bicicleta porque tinha uma segunda trava U na parte de baixo, que provavelmente o bandido não tinha percebido. Fui informado na época que o roubo de bicicletas lá era comum e, após reclamar no SAC do metrô, recebi uma resposta padrão de que o metrô não se responsabiliza pelos roubos em seus bicicletários. Absolutamente lamentável.

  • Thiago Fernandes 31 de março de 2017, 11:03

    pra que as câmeras então ?