16 Comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado

Por favor insira um comentário
Por favor informe seu nome
Informe uma url válida.

  • Anônimo 17 de setembro de 2010, 13:37

    PARTE 2
    Precisa de mais, e o que não falta é dinheiro para fazer mais moradias. Dinheiro é o que não falta! Com certeza, já que pagamos um absurdo de impostos.Nessas horas, ninguém defende o morador humilde, e de classe baixa. Mas na hora de eleição, é: vota em mim que eu te dou uma cesta básica, moradias melhores, empregos, salário alto. E ae depois? depois é problema seu se votou em mim! É assim que eles pensam, e sempre cometemos os mesmos erros, nos deixamos cair na falsa ilusão que o benedito senhor de terno, engravatado, de boa aparência, que se diz ser uma pessoa de bom caráter nos prometendo Deus e o mundo.

  • Anônimo 17 de setembro de 2010, 13:37

    PARTE 1
    Quantas pessoas ainda continuaram jogadas nas ruas por falta de moradia??? É certo que a prefeitura tenha retirado aquelas pessoas dali, sim! Mas é errado, despejar estas pessoas, e não terem um lugar adequado(higiene, saneamento básico, água, luz, etc) para abrigá-las. Olha se for ver a maior parte são pessoas de bem, honestas, trabalhadoras, só que infelizmente não têm uma condição financeira de estarem alugando um imóvel para morar. Por isso são obrigadas a residir em lugares que infelizmente não são lugares bons, como por exemplo embaixo do viaduto não é verdade? tenho certeza que nenhum de nós queremos morar embaixo do viaduto certo? Mas é assim, se eles não estão mais neste viaduto, para onde eles irão? ABRIGOS ou ALBERGUES? Qual dos dois é pior? Ou dos três? É muita demagogia do nossos governantes, todos os dias, e quase todas as horas, ver um dizendo: fiz x moradias da CDHU, reubarnizei x favelas, vou fazer mais x moradias da CDHU e reubarzar x favelas. Tudo mentira! E se fez um terço do que falou, pra mim é muito.

  • Anônimo 15 de setembro de 2010, 12:44

    O CERTO E NAO DEIXAR O LOCAL ATE A ULTIMA FAMILIA SAIR PORQUE SE BOBEAREM ELE VOLTAM E DOMINAM TUDO DE NOVO, COMO JA ACONTECEU TEMPOS ATRÁS. TEMOS QUE CORTAR O MAL PELA RAIZ. SOU A FAVOR DE MORADIAS DIGNAS PARA TODOS COM AGUA ESGOTO LUZ ETC. MORAR DE GRAÇA E INAVADIR TERRENOS E PRAÇAS ISSO ACHO ERRADO. NOSSOS GOVERNANTES SO FAZEM PROMESSAS E NADA MAIS. E TAMBEM NA AV PRES WILSON PROXIMO AO N 2153 TEM UM TERRENO GRANDE DA PREFEITURA QUE INVADIRAM E ATE AGORA NINGUEM FAZ NADA. ENQUANTO ISSO SOBRA PRA NOS TRABALHADORES, QUE TEMOS QUE PAGAR AGUA,LUZ,IMPOSTOS ETC SE NAO COLOCAM NOSSO NOME NO SERASA. QUE DUREZA SER HONESTO! ESTAMOS DE OLHO!

    • Anônimo 15 de setembro de 2010, 13:56

      E celso e vc onde mora??? Pq ñ eh certo jogar essas pessoas em albergue q ñ tem lugar nem para as proprias pessoas q moram na rua, deveriam providenciar 1ª mente um local para essas pessoas ficarem com dignidade não jogados como moradores de rua, pq muitos são trabalhadores como vc. Será q vc celso ja parou para pensar de pq eles estão ali oculpando um espeçao q nao é deles. Antes de falar e colocar sua opinião aqui reveja suas palavras e se coloque no lugar dos moradores q agora ñ tem um teto decente para dormir em paz!! E mais uma coisa sou moradora da comunidade de Vila Prudente.

      • Anônimo 15 de setembro de 2010, 15:31

        Débora tem que levar para sua casa, todas estas pessoas…demagogia de sua parte..seja realista…com os humildes…

        • Anônimo 17 de setembro de 2010, 19:28

          Bem Reinaldo se eu pudesse levava mesmo todos pra minha casa…mas se vc ñ entendeu sou moradora de comunidade tb! e sei bem oq eh alguem jogar na sua cara e falar q e favelado…por isso se eu tivesse lugar um terreno alguma coisa do tipo deixaria sim as pessoas ficarem. estou sendo realista, de q existem pessoas q ñ tem onde morar e q ñ tem condições de pagar aluguel.

    • Anônimo 15 de setembro de 2010, 16:31

      VC NAO ENTENDEU EU FALEI EM VEZ DE NOSSOS GOVERNANTES FICAREM PROMETENDO MUNDOS E FUNDOS PORQUE ELES NAO ARUMAO UM LIGAR DIGNO PRA SE MORAR COM AGUA,LUZ,ESGOTO ETC NINGUEM MERECE FICAR JOGADO NA RUA SEM UM TETO PRA MORAR, EU TAMBEM NAO SOU RICO PAGO ALUGUEL E MORO PERTO DA FAVELA TAMBEM E TENHO MUITOS AMIGOS NA AREA, NAO QUIZ OFENDER O PESSOAL DA COMUNIDADE EM GERAL SE VC SE SENTIU OFENDIDA PESSO LHE MIL DESCULPAS.

    • Anônimo 29 de maio de 2011, 17:40

      mas saiba caro contribuinte q nem todos moram na favela porque ñ gostam de pagar impostos saiba e q as pessoas q moram la pagam impostos como vc,apenas ñ tem o suficiente para morar melhor,então vejamos o q e melhor uma favela ou uma comitiva de moradores de rua,e seus filhos como ficam e melhor morar em favela q em lugar algun,vc ja morou em albergue e na rua ja dormiu,no dia q os politicos cumprirem o q prometem as favelas acabam e todo mundo vai ganhar bem o sulficiente para ter casa propria ate la ou e a favela ou a rua valeu senhor coitadinho do meu imposto pago vai se informar são pessoas q moram ali ñ animais.

  • Anônimo 15 de setembro de 2010, 13:28

    Ainda bem que este excelente jornal, nos da o oportunidade de falar o que pensamos e pelo que vejo a resposta é imediata, vamos continuar cobrando das “Outoridades”, vamos exercer a cidadania, parabéns ao jornal que coloca os fatos para os moradores opinarem. Só assim conseguiremos resolver os problemas da nossa região

    • Anônimo 15 de setembro de 2010, 14:50

      Parabéns pela colocação Débora, é exatamente o que eu penso…

      • Anônimo 29 de maio de 2011, 17:44

        concordo com a debora também moro na favela e pago imposto como todo mundo, ninguém mora aqui por diversão ou esporte e sim porque precisamos.

  • Anônimo 15 de setembro de 2010, 20:15

    Pelo menos dessa vez uma favela não sofreu outro desses famosos “incêndios sem origem certa” que costumam ocorrer pela cidade afora. Tais incêndios parecem chamas divinas que vêm em resposta ao clamor do mercado imobiliário, por mera coincidência. O poder público tem mais é que agir e expulasar os invasores, como aquele caso noticiado na Folha VP, em que moradores de classe-média de certo local da Moóca invadiram um terreno do INSS e instalaram ali um playground privativo em detrimento da propriedade pública. Também a Prefeitura precisa estar atenta para essa leva de prédios e obras que brotam na cidade, pois é sabido que as construtoras ( e, por tabela, os moradores ) adoram construir propriedades com áreas maiores que o permitido, ou do que o previsto nos croquis.
    Para finalizar, uma outra forma de invasão, que poucos parecem se importar – ou seja “que bom que a Prefeitura não sabe” – são os carros que invadem as calçadas, roubando o espaço reservado aos pedestres. Isso se flagra muito nas ruas da Vila Zelina, em plena avenida, a qualquer hora do dia. Na rua Pinheiro Guimarães ( viu, dona CET? ) é só chegar e autuar às vezes dezenas de carros pertencentes a meliantes ( não há outro termo ) plantados na calçada do lado par.

  • Anônimo 17 de setembro de 2010, 13:39

    PARTE 3
    É por isso que quando a criminalidade no Brasil cresce, não sabem porque. Espero que possamos ser mais unidos, nós temos o poder, nós somos a massa e o que quisermos ter só dependem de cada um de nós. Abraço para todos, e um abraço para Vila Alpina.

    • Anônimo 22 de setembro de 2010, 02:24

      Li a reportagem da Folha sobre as construções irregulares e conheço bem o local. Já reclamei com a CPTM sobre a falta de segurança que circunda a estação de trem do Ipiranga. São inúmeros bares com cadeiras espalhadas pela rua e pessoas que transmitem medo aos que utilizam a estação de trem. Passar por este caminho escuro com pessoas embreagadas que podem não estar em sua plena consciência não é nada bom. Imaginem como deve ficar um pai ou uma mãe que tem uma filha que é obrigada a passar por um lugar destes todo dia para voltar da escola à noite. Sei que a maioria das pessoas que moram nas comunidades são honestas e trabalhadoras e que se pudessem estariam em um lugar melhor, mas não é o que parece neste caso específico, quando investem na constução de bares ao invés de abrigos para morar. Tentem construir um barraco ao lado de um destes bares e atrapalhar a freguesia para ver no que pode dar.

      • Anônimo 29 de maio de 2011, 17:55

        garanto q uma moça ta mais segura transitando a noite perto de uma favela do que no seu mundinho q parecer ser a vila fique sabendo que muitos rapazes que pessoas como você consideram bem criados na “vila” rouba,mata e estupra,afinal aq na favela existem moças q estudam a noite e voltam pra casa seguras e sem nenhum arranhão ñ sei c te contaram mas na favela tem pai e mãe de familia também e c vc ta com medo do q ñ conhece vc tem duas opções conheça ou mude seu caminho,ñ notei vc dizer acima q alguem ja te roubou ou atacou mas a estética do lugar de ta medo.